quarta-feira, 13 de março de 2019

Comissão de Desenvolvimento Econômico e Turismo debate desafios da economia de Pernambuco


Os desafios e as perspectivas da economia de Pernambuco foram debatidos na reunião da Comissão de Desenvolvimento Econômico e Turismo (CDET) da Assembleia Legislativa de Pernambuco nesta quarta-feira, 13.  O evento contou com a presença do presidente da Agência de Desenvolvimento de Pernambuco (AD Diper), Roberto Abreu. Em seu discurso, Abreu traçou um panorama da conjuntura econômica de Pernambuco, projetando geração de empregos, fortalecimento dos arranjos produtivos locais e expansão de setores estratégicos, como confecções, inovação e tecnologias.

Para o presidente da CDET, deputado estadual Delegado Lessa (Progressistas), contribuir com a diminuição das desigualdades econômicas entre o interior e a capital é um dos principais objetivos do colegiado. “Mais de 80% do Produto Interno Bruto de Pernambuco concentra-se em aproximadamente 20% do território do estado, entre o Agreste e o litoral. É papel do Estado fomentar ações que diminuam esse desequilíbrio”, comentou.

Desta feita, um dos tópicos mais discutidos durante o encontro foi o Polo de Confecções do Agreste. De acordo com levantamentos de empresários do setor, o Polo gera mais de 150 mil empregos diretos, tendo 16 municípios como principais produtores e interferindo positivamente na economia de mais 54 municípios. Na ocasião, o presidente da AD Diper reconheceu que o local deve ser tratado como uma matriz econômica do Estado.

A reunião aconteceu no Auditório Sérgio Guerra, da Alepe. Empresários, secretários de governo, representantes de entidades dos mais diversos arranjos produtivos locais do estado, professores e profissionais liberais estiveram presentes na ocasião.

Veja mais fotos:






Fotos: Viliane Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário