quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Sileno: “Não estamos muito preocupados com o que vai sair daí, porque sabemos que não vai sair nada”

O presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, minimizou o peso do encontro promovido pelo bloco de oposição ao governo Paulo Câmara, nesta segunda (11). Para o socialista, o evento será, na verdade, “um grande desencontro”. “Não estamos muito preocupados com o que vai sair daí, porque sabemos que não vai sair nada”, garantiu.
O ato do grupo oposicionista, que conta com lideranças com o ministro Mendonça Filho (DEM), os senadores Armando Monteiro (PTB) e Fernando Bezerra Coelho (PMDB), além do deputado Bruno Araújo (PSDB), será realizado a partir das 17h, no Arcádia do Paço Alfândega, Centro do Recife. Nele, as lideranças irão apresentar uma carta aberta com críticas à gestão Paulo Câmara.
Mas, na visão de Sileno Guedes, o encontro servirá para evidenciar a proximidade desses atores com o governo Michel Temer (PMDB). “Faltaram convidar Temer. Na verdade, é a turma dele que está se encontrando. Talvez, eles tenham a oportunidade de fazer uma reflexão para explicar a privatização da Chesf e da Eletrobrás e o aumento de 68% no preço do gás”, colocou. (Folha de PE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário