quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Alckmin considera “legítima” candidatura do seu vice


O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse hoje (28) à Rádio Jovem Pan que o seu vice, Márcio França (PSB), tem legitimidade para se candidatar ao Palácio dos Bandeirantes nas eleições do próximo ano, mas o ideal seria que tucanos e socialistas marchassem juntos na sucessão estadual.
“É legitimo, é natural (que França seja candidato). Qualidades não lhe faltam. Mário Covas dizia que ele (França) foi um dos melhores prefeitos de São Vicente (SP). O ideal é que estejamos juntos e ainda tem tempo para isso. O ideal é que mantivéssemos a coligação, mas, se não tivermos, para isso temos segundo turno”
Márcio França vai assumir o governo de São Paulo no mês de abril quando Alckmin desincompatibilizar-se para ser candidato a presidente da República.
O PSB deseja usar essa candidatura como “moeda de troca”, ou seja, só apoiaria Alckmin para presidente se o PSDB apoiasse França à reeleição, mas não vai colar.
O PSDB não abre mão de lançar candidato próprio ao governo de São Paulo e os socialistas sabem disto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário