sábado, 12 de janeiro de 2019

ALEPE 2019: Conheça Clodoaldo Magalhães

Sexto deputado estadual mais votado em Pernambuco, reeleito para o seu 4º mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de PE em 2018, Clodoaldo Magalhães Oliveira Lyra nasceu em 13 de novembro de 1975 no Município dos Palmares (Mata Sul pernambucana).

Filho de Eudo de Magalhães Lyra e Cleide Rejane de Oliveira Lyra, Clodoaldo é formado em Medicina e iniciou a vida pública em 2000, quando atuou como Secretário de Saúde de Sirinhaém. Seus quatro anos no executivo municipal garantiram uma maior estrutura para o atendimento público e uma melhoria significativa no mapeamento das epidemias e da saúde coletiva do município na Zona da Mata de PE. 

Dentre as ações desenvolvidas durante a sua gestão como Secretário de Saúde da cidade, estão a reforma no hospital municipal, a construção de postos de PSF (Programa de Saúde da Família) nos distritos de Santo Amaro, A ver o mar, Ibiratinga, São Roque e Porto de Pedras, a capacitação dos agentes comunitários de saúde, a implementação dos serviços de nutrição e de enfermagem.

No município de Joaquim Nabuco, também na Mata Sul, Clodoaldo assumiu a Secretaria de Governo por dois anos. Lá, o desafio de articular as ações de todas as pastas da administração municipal, aliando planejamento e eficiência de execução, lapidaram a sua habilidade política. 

Em 2006, aos 31 anos, Clodoaldo Magalhães recebeu 57.515 votos e chegou à Assembleia Legislativa de Pernambuco para cumprir o seu 1º mandato como Deputado Estadual. Quatro anos depois, foi reeleito, com o apoio de ainda mais eleitores, sendo lembrado 61.905 vezes nas urnas. Médico, endocrinologista, com pós-graduação em Administração Hospitalar, Clodoaldo aproveita a experiência no setor para dar atenção especial à saúde enquanto legislador.

Foi na saúde pública, em que estreou as atividades parlamentares, priorizando o atendimento cirúrgico a mulheres vítimas de agressão física. Seu projeto de lei, nesta perspectiva, criou um cadastro único dos casos de violência contra a mulher em toda a rede de saúde pública e privada – o que possibilitou ao Governo do Estado condições mais reais para a oferta de políticas públicas nas áreas de saúde e segurança pública.

Cirurgias plásticas corretivas em mulheres vítimas de violência eram vistas como procedimentos estéticos, não aprovados pelo SUS. A partir da lei, proposta por Clodoaldo, milhares de pernambucanas foram operadas em um centro do hospital Agamenon Magalhães, recuperando a sua saúde e autoestima. O sucesso da iniciativa foi tanto, que um projeto semelhante foi aprovado nacionalmente, fazendo com que todas as brasileiras que sofram agressões domésticas passem a ter acesso ao mesmo direito.

Reeleito em 2014 para o 3º mandato consecutivo, Clodoaldo Magalhães preside atualmente, pelo quinto biênio seguido, a Comissão de Finanças, Orçamento e Tributação, e é também membro das Comissões de Educação e Saúde, da qual também foi presidente. O deputado pauta sua atuação em prol da melhoria da saúde, educação, habitação, e em defesa de políticas de geração de emprego e renda, sendo também defensor dos direitos humanos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário