domingo, 24 de março de 2019

Ipojuca: Por falta de recursos Orquestra de crianças fecharia às portas. Prefeitura marcou reunião para esta segunda.

Resultado de imagem para Célia Sales
Foi muito mais rápido do que imaginei, mas vamos aos fatos!

A Orquestra Cidadã Meninos do Ipojuca anunciou no último final de semana que iria fechar suas portas por falta de repasse financeiro por parte da Prefeitura de Ipojuca que é administrada pela Prefeita Célia Sales (PTB), inclusive a mesma é mãe do deputado Romero Filho (PTB). 

A Orquestra Criança Cidadã (OCC) é um projeto de inclusão social da Associação Beneficente Criança Cidadã (ABCC), no Recife, Pernambuco. A ação foi idealizada pelo juiz de Direito João José Rocha Targino, que se tornou coordenador geral da OCC, e teve como primeiro diretor artístico o maestro e violinista Cussy de Almeida (1936-2010). A iniciativa busca a profissionalização musical de crianças e jovens que vivem no bairro do Coque, na capital pernambucana.Em 2014, o projeto ganhou um núcleo no Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife.

Essa Orquestra é muito famosa na cidade de Ipojuca e recebeu apoio desde a gestão do ex-prefeito Carlos Santana (PSDB). A Prefeita de Ipojuca no entanto parou de enviar esse recurso para a entidade o que inviabilizaria que o projeto continuasse. O fato foi denunciado pela deputada estadual Simone Santana (PSB) e no último sábado, dia 23, a Prefeitura da Cidade entrou em contato com os organizadores da orquestra, marcando para esta segunda-feira uma reunião para definir os termos de colaboração.

Cem crianças e adolescentes, dos 06 aos 16 anos, são atendidos no município do Ipojuca, no Grande Recife. O projeto funciona na cidade desde 2014, no distrito de Camela. A iniciativa foi levada ao Ipojuca através de uma parceria entre a ABCC, instituição gestora, e a Prefeitura, por meio da Secretaria Especial de Juventude e Esportes (Sejuve). Os jovens recebem aulas de musicalização, reforço escolar e de instrumentos de cordas. Além disso, têm acesso a atendimento psicossocial e três refeições diárias. O núcleo está situado na Avenida Dr. Humberto da Costa Soares, 40, Camela.

Veja a nota publicada no sábado:

A Associação Beneficente Criança Cidadã (ABCC), gestora do projeto Orquestra Criança Cidadã, informa aos pais e alunos que as atividades no Núcleo do Ipojuca, distrito de Camela, estão sendo suspensas a partir de amanhã (23/03/2019). A medida se dá por absoluta falta de condições de funcionamento, pois o processo de renovação da parceria entre a ABCC e a prefeitura não foi concluído ainda, por parte da municipalidade. Consequentemente, não recebemos os recursos necessários à manutenção da Orquestra. Os fornecedores da alimentação dos alunos e do transporte para a condução dos professores estão, igualmente, sem receber, e por conseguinte, sem condições financeiras de continuarem atendendo. O descaso com o cumprimento de compromissos por parte do Poder Público Municipal também afeta o pagamento das demais despesas, como: salários de professores e demais profissionais, tributos (impostos), aluguel do prédio onde funciona o projeto, energia elétrica, internet etc. Por essa razão, as aulas estão sendo suspensas até que a prefeitura municipal regularize a situação.

Atenciosamente,

ABCC

Após a pressão popular e a deputada Simone Santana (PSB) que foi para às redes sociais denunciar o descaso com a orquestra cidadão a Prefeitura resolveu desfazer digamos assim "o mal entendido".

A deputada Simone Santana escreveu em suas redes sociais:
Diante da reação da sociedade ipojucana à notícia de que a Orquestra Criança Cidadã Meninos do Ipojuca iria fechar por falta de repasse financeiro da gestão municipal, a prefeitura cedeu à pressão e voltou atrás. A ameaça à existência deste importante projeto de formação para a cidadania é evidente. Estaremos atentos!

Prefeita Célia Sales, fique atenta! Nós também estaremos de olhos bem abertos! Aguardemos os resultados desta reunião...


Nenhum comentário:

Postar um comentário