quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Governo precisa 'estreitar' relação com Congresso e partidos, diz novo líder no Senado

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) — Foto: Moreira Mariz/Agência Senado
O novo líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), afirmou nesta terça-feira (19) que o Palácio do Planalto precisa "estreitar" a relação com o Congresso e com os partidos para conseguir votar os projetos de interesse, informa o repórter Nilson Klava, da GloboNews.

A declaração foi dada no mesmo dia em que o governo sofreu a primeira derrota no Congresso Nacional. Mais cedo, nesta terça, a Câmara aprovou a suspensão do decreto presidencial que tratava do sigilo de dados públicos.

"A votação da Câmara é uma sinalização que recomenda estreitar a relação com Congresso, uma aproximação do governo com partidos e bancadas parlamentares. É o que governo está fazendo com indicação", disse Bezerra.

Diante de dificuldades na relação com a base aliada na Câmara, principalmente por manter um líder de primeiro mandato, o deputado Major Vitor Hugo (PSL), Bolsonaro autorizou aliados a escolher um nome mais experiente no Senado.

Fernando Bezerra conversou nesta terça-feira com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e terá uma reunião com o presidente nesta quarta ou na quinta-feira.

Questionado sobre o impacto da crise entre o presidente Bolsonaro e o ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência Gustavo Bebianno, Bezerra respondeu:

"A questão de Bebianno é uma página que o governo deve virar. Governo tem que tocar sua agenda, como a reforma da Previdência", afirmou.

(Portal G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário