sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Câmara de Olinda reduz 50% dos cargos, mas dinheiro continua lá

Saiu no Blog do Edmar:

A Câmara Municipal de Olinda aprovou, hoje (07/02), por unanimidade, Projeto de Lei que extinguiu 50% dos cargos comissionados da casa legislativa.


“A redução de cargos comissionados é uma providência que vem sendo adotada pela Mesa Diretora desde janeiro de 2017 e mostra que o Poder Legislativo de Olinda está sintonizado com o sentimento do cidadão-contribuinte,” disse o vereador Jorge Federal, presidente da Câmara de Vereadores de Olinda.

O que o povo não sabe é que isso não significa nem hoje e nem nunca economia para os cidadãos de Olinda tendo em vista que o duodécimo (valor que é repassado às Câmaras) não será reduzido. O importante seria se o valor que seria gasto com esses 50% de cargos comissionados fossem devolvidos ao erário público. Será que é devolvido?

Um belo exemplo: Uma Câmara que recebe R$ 100.000,00 de duodécimo e gasta R$ 50.000,00 com cargos comissionados, e tem uma redução de 50% destes cargos não significa que teremos R$ 25.000,00 economizados, mas sim, sobrando dinheiro na Câmara. A pergunta que eu faço ao vereador Jorge Federal de Olinda é: 

O que será feito com o dinheiro que vai começar a sobrar na Câmara de Olinda?

Nenhum comentário:

Postar um comentário