domingo, 20 de janeiro de 2019

A nova política em Pernambuco, não nasceu. A velha não deixou

Resultado de imagem para Nova política
Bem, esse discurso de “Nova Política” do “Novo” de um “Outside” entre tantas outras coisas já virou um tema rotineiro para quem lê sobre política. No entanto, o “Novo” ainda não existe pelo menos em nível da política estadual. Vamos lá...

Quem o PSL, partido do Presidente da República, Jair Bolsonaro vai indicar para concorrer à Prefeitura do Recife? Quem será o “novo”? E fora do PSL, quem é o novo que podemos assim intitular nos demais partidos? Não temos. Pelo menos publicamente, não!

Vários Blogs e Meios de Comunicação propagaram por aí que o deputado federal André Ferreira (PSC) pode ser a novidade na campanha para prefeito do Recife. Veja bem, ser novidade é uma coisa. Ser o “novo” é outra. André pode ser a novidade do tipo “não se esperava” mas não podemos dizer que ele é o “novo”. 

E se levar em consideração o que disse o presidente que após 28 anos de mandato como deputado federal se apresentou como “o novo” no executivo, então André pode se apresentar como esse “novo”.

De fato, o “novo” não nasceu em Pernambuco! O político que venha defender teses que podem até ser impopulares mas que são boas e que a população venha a sentir isto. Mas se o novo não nasceu no estado, poderemos ter novidades nas eleições de 2020 e 2022, mas jamais teremos o novo. Vamos ter gente nova praticando às mesmas coisas dos políticos velhos. Infelizmente hoje, está se caminhando para isso.Pode ser que amanhã não se caminhe mais desta forma.

Para não puxar muito da paciência do leitor, vou terminar este pequeno texto dizendo algo que o resume e que vai te levar a uma reflexão: “O novo não nasce, porque o velho não deixa”, entendeu bem? Vou repetir: O NOVO não nasce, porque o VELHO não deixa. E olhe que não falo em questão de idade, mas de práticas. O maior impeditivo para mudarmos a realidade política de Pernambuco são os próprios políticos que continuam alimentando mal e muito mal a população com as mesmas práticas antigas.

Eu voltarei ao assunto!... Aguardem!

Silvinho Silva é escritor, blogueiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário