sábado, 24 de novembro de 2018

Mourão assumirá presidência por 15 dias

Jair Bolsonaro e seu candidato a vice, genral Hamilton Mourão
O presidente eleito Jair Bolsonaro tinha uma cirurgia prevista para 12 de dezembro deste ano para retirada da bolsa de colostomia. Quer dizer, a cirurgia e a recuperação seriam realizadas com tempo hábil antes de sua posse. Porém Bolsonaro fez exames na sexta-feira (23) que apontaram uma inflamação do peritônio. Por conta disso, o procedimento foi adiado para ano que vem, ou seja, após a sua posse em 1º de janeiro de 2019.

Os médicos que atendem o futuro presidente estimam que para cirurgia será necessário pelo menos 5 dias de internação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Albert Einsten, em São Paulo. Em seguida ao menos 10 dias em casa se recuperando. Enquanto isso, Hamilton Mourão, vice-presidente no mandato de Jair Bolsonaro deve assumir a Presidência por cerca de 15 dias.


Nenhum comentário:

Postar um comentário