quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Gilmar rebate Bolsonaro e defende reajuste salarial


O ministro Gilmar Mendes rebateu, há pouco, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, e disse que reajuste a ministros do Supremo Tribunal Federal é necessário. "O STF já havia aprovado esse projeto. (...) Se espera que o Congresso faça essa aprovação, fazendo então esse ajuste”, afirmou Gilmar.
Mais cedo, Bolsonaro afirmou que “não seria o momento” para o reajuste. O Senado analisará, hoje, um projeto de lei que aumenta o salário dos ministros do STF, de R$ 33 mil para R$ 39 mil. Para 2019, o governo já tem um déficit de R$ 139 bilhões. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário