quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Chapa vitoriosa no CREF12/PE parece estar incomodando pessoas poderosas

O blogueiro Ricardo Antunes que passou 4 meses e 20 dias preso no Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife acusado de extorquir dinheiro do marqueteiro e empresário Antônio Lavareda, foi solto na época pela juíza da 9ª Vara Criminal do Recife, Sandra Beltrão, respondeu o processo em liberdade e perdeu a ação para Antônio Lavarerda.

Agora, Ricardo Antunes resolveu comprar briga com a chapa vencedora das eleições no Conselho Regional de Educação Física da 12ª Região/Pernambuco, especialmente com o advogado e profissional de educação física Lúcio Beltrão. O blogueiro diz que a chapa 2, que obteve quase 70% dos votos, começou mal, pois não teria pago o último mês da campanha aos profissionais da agência de comunicação (não se sabe o nome da agência), mas a ABBC Comunicação, empresa que prestou serviço para a chapa 2, afirma que todos os acordos foram honrados. Ricardo Antunes criou que Beltrão foi candidato a vereador em 2010, mas naquele ano nem tivemos eleição para este cargo.

O blogueiro afirma ainda que a chapa da oposição fez uma campanha milionária, alugou carro e fez boca de urna. Lúcio Beltrão, representante da chapa vencedora, lembra que fizeram festa, vaquinhas e pediram dinheiro nas redes sociais para custear as despesas de campanha.

Parece que a vitória da Chapa 2 no CREF12/PE esta incomodando poderosos, mas o líder da chapa promete ir até o fim para revelar toda a verdade e para que o blogueiro pague pelo que fez. Lúcio Beltrão, que também é campeão de karate, deve contra-atacar (juridicamente) de maneira bem dura. Lúcio impetrou ações na justiça que obriga Ricardo Antunes a cessar a divulgação dessa falsa informação e publicar uma retratação, ação cível com pedido de indenização e queixa-crime contra o blogueiro que terá que responder a mais alguns processos na justiça.

“Se houver alguém por trás de Ricardo articulando todas estas calúnias nós pretendemos descobrir. Não importa quem esteja armando tudo isso, vamos até as últimas consequências jurídicas para garantir que a verdade venha à tona, garante  Lúcio Beltrão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário