quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Bolsonaro nega que tenha escolhido ministro da Educação

O presidente eleito Jair Bolsonaro negou na noite desta quarta-feira (21) que já tenha escolhido o nome do novo ministro da Educação. Em mensagem numa rede social, Bolsonaro disse que ainda não há definição sobre quem irá comandar a pasta.
Nesta quarta-feira, o nome do educador Mozart Neves Ramos era dado como certo para comandar a pasta. Mozart é  diretor do Instituto Ayrton Senna, foi o primeiro presidente-executivo do Todos pela Educação e secretário de Educação de Pernambuco.
O educador esteve ao lado de Viviane Senna, presidente do Instituto Ayrton Senna, em todas as reuniões feitas com o presidente eleito e sua equipe, durante e depois das eleições. Nesta quinta-feira, ele participará de nova reunião técnica em Brasília com a equipe de transição.
O Instituto Ayrton Senna divulgou nota desmentindo p comnvite a Mozart Ramos: “Diferentemente do que vem sendo publicado na imprensa, Mozart Neves Ramos, diretor do Instituto Ayrton Senna, não foi convidado pelo novo governo para assumir o Ministério da Educação.” 

(R7)

Nenhum comentário:

Postar um comentário