sexta-feira, 27 de julho de 2018

XP/IPESPE: Bolsonaro lidera com 23%

Resultado de imagem para Bolsonaro e Alckmin
SÃO PAULO  -  Pesquisa XP/Ipespe divulgada nesta sexta-feira mostra o pré-candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, em tendência de alta. É a primeira vez na sondagem semanal da XP, desde maio, que o tucano alcança dois dígitos, com 10% das intenções de voto. Ele recebeu ontem, oficialmente, o apoio de cinco partidos do chamado Centrão. Apesar da oscilação, o tucano - assim como Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT) - segue longe da liderança, onde estão Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PSL). Ainda não é possível dizer que Alckmin cresceu, pois a oscilação, nos quatro cenários testados, se deu dentro da margem de erro, de 3,2 pontos percentuais. Mas, quando se olha a curva semana a semana, há viés de alta.

O tucano alcança 10% das intenções de voto em dois cenários: quando o PT não apresenta candidato e quanto Fernando Haddad é o nome petista na disputa. Na semana passada, ele tinha 9% no primeiro cenário e 8% do segundo. Nos cenários com Lula ou com Haddad apresentado como "apoiado por Lula", Alckmin tem 9% - era 7% na semana passada. O Centrão delarou apoio ao tucano na quinta-feira da semana passada, dia 19. A união foi oficializada em evento realizado ontem, dia 26, em Brasília. A pesquisa XP/Ipespe foi feita entre 23 a 25 de julho.


Liderança : Bolsonaro lidera com 23% o cenário em que o PT não apresenta candidato. Marina vem em seguida, com 12%; Ciro tem 10%; Alckmin, 10%; Alvaro Dias (Pode), 5%; Henrique Meirelles (MDB), 2%; Manuela D'Ávila (PCdoB), 2%; e Guilherme Boulos (Psol), 1%. Os não votos (nulos, brancos ou não sabe) somam 34%. Com Haddad pelo PT, Bolsonaro tem 23%; Marina, 13%; Alckmin, 10%; Ciro, 10%; Alvaro, 5%; Haddad, 2% - mesmo índice de Meirelles, Manuela e Boulos. Não votos somam 30%. Quando os entrevistados são apresentados a Haddad como "Haddad apoiado por Lula", o quadro fica assim: Bolsonaro com 22%; Haddad com 12%; Marina, 10%; Alckmin e Ciro com 9% cada; Alvaro com 5%; Manuela com 2%; Meirelles e Boulos com 1% cada. Não votos totalizam 29%. No cenário com Lula candidato, o petista lidera com 30%, seguido por Bolsonaro com 20%. Alckmin tem 9%; Marina e Ciro, 8% cada; Alvaro, 5%; João Amoêdo (Novo), Meirelles e Manuela tem 1% cada. Boulos não pontua, e os não votos ficam em 17%.


A pesquisa XP/Ipespe desta semana ouviu 1 mil pessoas, em entrevistas por telefone, com cobertura nacional. Foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) como BR-07756/2018.





Nenhum comentário:

Postar um comentário