terça-feira, 3 de julho de 2018

Respeitem o nosso Jesus!



"Você meu amigo católico já prestou atenção que esta peça zomba com a Santa Missa? Você meu amigo evangélico já prestou atenção que esta peça zomba com a Santa Ceia?"

Resultado de imagem para o evangelho segundo jesus a rainhaUma peça teatral tem banalizado o mundo cristão, "da arte" e assim indiretamente o meio político. No início do mês de junho, a mesma peça se apresentou no Recife, sem alarde, já que todo mundo estava preocupado com a estabilidade econômica do país num momento que tudo voltava a sua normalidade após dez dias de paralisação dos caminhoneiros. A questão é que agora, divulgada a peça no Festival de Inverno de Garanhuns (FIG 2018) com dinheiro público causou um enorme protesto dos cristãos que se preocupam com a imagem de Jesus. 

A peça teatral traz "Jesus" como um transsexual e Maria como uma prostituta. Não se sabe o que esse pessoal que milita no LBGT (Lésbicas, Bissexuais, Gays, Transsexuais) e seus simpatizantes tem contra a Igreja de Cristo, mas que a perseguição a tal é enorme. Se querem impor o respeito que aprendam a respeitar. Existe uma diferença muito grande entre a cultura gay e a militância gay, com as causas que os gays defendem. 


Imagem relacionadaQuem defende a arte do jeito que é apresentado na peça "O evangelho de Jesus, rainha dos céus" não entende direito penal no Brasil. Vilipêndio religioso é crime, e precisa ser combatido como tal.  Se você chega a um nível que não se respeita mais os símbolos cristãos, da nossa fé, o que vão respeitar? A partir do momento em que se desrespeita o sagrado, qualquer outra coisa, ser, pode vir a ser desrespeitado. Arte é uma coisa. Mas usar da arte para incutir nas pessoas uma ideologia que elas não aceitam é anormal e imoral. 

Nunca, jamais, vamos deixar que o Nosso Jesus seja motivo de achaque por quem quer que seja! Que o cancelamento do que ia acontecer em Garanhuns sirva de exemplo para o governador Paulo Câmara e o seu secretário do PC do B, Marcelino Granja que disse que "os religiosos gostam de promover guerras". Não! Nós não gostamos de promover guerras, mas vocês desses partidos de esquerdas gostam e muito de ludibriar a mente da população.


Termino só dizendo: Respeitem o nosso Jesus! Respeitem a nossa Maria! Respeitem aos católicos e evangélicos de Pernambuco. E esse povo que reúne mais de 1 milhão de votos, vão saber dar uma resposta bem aprumada nas urnas. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário