quarta-feira, 25 de julho de 2018

Coluna Digital: Prioridade do PSB é vencer o primeiro turno


Paulo arma o time para a luta

Resultado de imagem para Paulo Camara e João Paulo
O governador Paulo Câmara (PSB) já viu que não adianta mais lutar e que foi em vão correr para que o PT faça parte de sua campanha a reeleição, e agora às vésperas da convenção da Frente Popular pretende organizar sua chapa com os partidos que pode contar, montando uma chapa que seja competitiva e que dê fôlego para chegar forte ao segundo turno. Com apenas duas vagas certas na chapa, Paulo ainda precisa escolher quem irá disputar a segunda vaga do senado e a vaga de vice em sua chapa. Em conversa hoje pela manhã, o PSC de André Ferreira descartou voltar à Frente Popular e disse que seguirá firme com o apoio a candidatura de Armando Monteiro. O nome de Danilo Cabral (PSB) que é deputado federal do partido cresce nas apostas do partido como um provável nome para a segunda vaga de senador. 

Já para a vaga de vice de Paulo Câmara os nomes lembrados são da ex-prefeita de Olinda, Luciana Santos e o ex-prefeito do Recife João Paulo, ambos do PC do B. Ainda nesta linhagem vem o nome do deputado federal Sebastião Oliveira (PR) que é indicado tanto pelo PR quanto pelo PP de Eduardo da Fonte. No entanto, um provável acordo entre o Palácio e o PP para que a Presidência da Assembleia fique com os progressistas, enfraqueceu o nome de Sebastião, sendo que ele seria o nome mais forte por ser de Serra Talhada.  O nome de João Paulo (ex-PT e atual PC do B) ganha força por conta da enorme ligação de João Paulo com o ex-presidente Lula. João, sempre disputou suas eleições ao lado de Lula e com o apoio dele. Diferente de Luciana Santos que não tem tanta capilaridade eleitoral.

Caso seja fechada a chapa com Paulo governador e João Paulo vice, Jarbas e Danilo no senado alguns aliados do governador acreditam que tem força o suficiente de chegar muito competitivo ao final do primeiro turno da eleição e com um verdadeiro fôlego para disputar o segundo turno com favoritismo. Ainda de acordo com pessoas ligadas ao PSB, a chapa com a representação de Jarbas (ex-governador e ex-prefeito do Recife) além de João Paulo (ex-prefeito do Recife) políticos que foram bem avaliados quando governaram, dará uma maior autonomia ao governador Paulo Câmara. 

"Paulo faz um grande governo, o melhor pode-se dizer e no pior momento pelo qual passa o país, numa crise de um presidente ilegítimo e que tem apoio irrestrito do palanque da oposição aqui de Pernambuco" disse um dos defensores de Paulo. "Vamos para a campanha defender a liberdade, a democracia e Lula. Mesmo sem o apoio do PT, temos o apoio de Lula que terá o direito de ter dois palanques aqui em Pernambuco". 

A briga é pessoal 
O ex-prefeito do Recife, João Paulo (PC do B) vai fazer das tripas coração para ser o candidato a vice de Paulo e para que o socialista seja reeleito. O comunistas e ex-petista não engole o fato de Marília Arraes(PT) conseguir ser a candidata a governadora e ainda por cima ser o nome mais forte do PT na disputa, e fará de tudo para derrotá-la.

Humberto não quer o senado 
O senador Humberto Costa agradece mas não quer nem saber de ser candidato ao senado na chapa de Marília Arraes (PT) ainda que seja este o desejo do PT NACIONAL e do ex-presidente Lula. Humberto está uma arara com Marília e não engole de jeito nenhum a sua candidatura a governadora que tratorou os caciques petistas. A candidatura de Marília, tem mais força na militância do que na executiva do partido.

Nome sondado
O deputado federal Mendonça Filho (DEM) teve o nome sondado para uma provável vice na chapa de Alckmin (PSDB) a presidência da república. Após a desistência de Josué Gomes (PR-MG), o nome do democrata ganhou força na mídia nacional ao lado da senadora Ana Amélia (PP).

Trocar o senado? 
A grande interrogação é se Mendonça Filho (DEM) que está em plena campanha desde junho ao senado federal é se valeria a pena trocar esta candidatura pela candidatura de vice de Alckmin. Caso seja confirmado, a briga pela segunda vaga de senador deve ser grande tendo em vista que Mendonça e Humberto estavam empatados em levantamentos feitos.

George da RCC
O democrata cristão, George Costa tem pavimentado e consolidado sua pré-candidatura a deputado federal, recebendo apoios de diversos religiosos, católicos e líderes comunitários. O advogado, que é o candidato da Renovação Carismática que é de João Alfredo recebeu apoio de todos os líderes diocesanos pernambucanos dos grupos de oração.

PSDB de volta 
Chegou ao fim a novela envolvendo o PSDB e o PTB ontem na coligação de Armando Monteiro. O deputado federal Bruno Araújo (PSDB) enviou nota a imprensa, dizendo que estava resolvido o mal estar entre os dois partidos. O PSDB irá compor a chapa, no entanto o nome de Bruno não foi anunciado como era previsto, podendo a vaga ficar com outro tucano. 

Crescimento
O pré-candidato a deputado federal, Milton Coelho (PSB) foi um dos nomes que mais cresceu nesta reta final de pré-campanha. O socialista recebeu apoios importantes do agreste e da mata norte podendo ser a grande surpresa dessa eleição. E caso Danilo Cabral vá disputar o senado, Milton deve ser um dos mais beneficiados por se tratar de um voto raiz no partido, da mesma linhagem de Danilo Cabral.

Silvinho Silva é editor do Blog
silvinhosilva2018@gmail.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário