quinta-feira, 26 de julho de 2018

Coluna Digital : A gigante disputa do senado federal

Resultado de imagem para Mendonça Filho e Bruno Araujo
Bruno eleva a chapa de Armando

Com a decisão do deputado federal Bruno Araújo (PSDB) e do senador Humberto Costa (PT)  de concorrerem ao senado e caso se confirme a candidatura de Jarbas Vasconcelos (MDB) somadas às candidaturas de Mendonça Filho (DEM) e Silvio Costa (AVANTE), a corrida pelo senado federal promete ser uma das mais eletrizantes. Embora, ninguém arrisque palpite sobre nenhuma delas, a não ser de Jarbas Vasconcelos que já estaria com uma cadeira garantida. Eu vou na contramão disto! Vejo Jarbas muito enfraquecido para a disputa deste ano de 2018, e diferente de 2006 quando ele era a baraúna que impulsionava a União Por Pernambuco, desta vez ele vem totalmente fragilizado, muito mais fragilizado para disputar uma cadeira.

Em 2006, Jarbas então ex-governador e tinha acabado de entregar um governo que tinha uma enorme aprovação popular se elegeu para o senado enfrentando nomes como Jorge Gomes, Luciano Siqueira. Desta vez, ele enfrentará nomes de peso e palanques fortíssimos. Não quero aqui dizer que Jarbas não é forte, mas sim que não é imbatível. Além disso, Jarbas vai enfrentar uma disputa nada fácil, com o governador e pré-candidato a reeleição Paulo Câmara (PSB).  Paulo amarga hoje os maiores índices de rejeição jamais tido por um governador candidato a reeleição. Isto, já é um grande entrave para Jarbas. 

Outro fator, é o fato de a candidatura de Marília Arraes e de Armando Monteiro embalarem os seus senadores. No caso de Marília, Silvio e Humberto Costa, e no caso de Armando, Bruno Araújo e Mendonça Filho. Ainda não se sabe quem será o companheiro de chapa de Jarbas na frente popular tendo em vista que a aliança com o PT está cada dia mais inviabilizada. Além disso, o aceno de Marília a Humberto bem como a confirmação do senador feita hoje de que disputará o senado seja em qual chapa for, parece ter sido uma demonstração de que o partido já estaria chegando a um certo consenso em Pernambuco.

Assim sendo, não é apenas a disputa pelo governo de Pernambuco que promete ser uma das mais emocionantes, mas a do senado federal também. Eis que vem uma grande campanha eleitoral por aí.

EM QUALQUER CHAPA
O Senador Humberto Costa (PT) confirmou hoje o que nós já dizíamos aos nossos leitores: A segunda vaga no senado é dele, na chapa de Marília. Diferente do que muitos andaram espalhando de que Marília o iria queimar caso conseguisse viabilizar sua candidatura. a vereadora recifense, demonstra totalmente o contrário, que mostrará para Humberto que ele tem mais chance de se reeleger numa chapa liderada por ela.

INDO PARA A LUTA 
O deputado federal Bruno Araújo (PSDB) é um daqueles que tem o mandato garantido para Câmara Federal, mas que demonstrou que o seu projeto não é pessoal, pois se fosse não trocaria uma vaga certa por uma duvidosa. O agora pré-candidato ao senado que será anunciado até o próximo domingo, muito provavelmente no sábado como dissemos aqui logo cedo no Blog, irá para sua primeira eleição majoritária. E de acordo com o próprio Bruno, o intuito não é apenas dar um palanque a Alckmin, mas conquistar uma das duas vagas que estão em jogo.

MENDONÇA NA VICE
Caso o deputado federal Mendonça Filho (DEM) seja escolhido para ser o vice de Alckmin, Bruno Araújo passará a ser não só o nome com mais capilaridade eleitoral da chapa de Armando, como também o mais forte. É difícil inventar um senador da noite para o dia, mas como o nome de Mendonça ganhou uma dimensão nacional, Armando já tem pensado em alguém para substituí-lo na disputa.

OS MELHORES QUADROS
Ao indicar Mendonça Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB) ao senado na chapa liderada por Armando Monteiro (PTB), foi uma demonstração que os partidos PSDB e DEM estão entregues de corpo e alma na campanha do trabalhista a fim de tirar o PSB do Governo.

VOX POPULI E A CUT
Eu publiquei ontem na tarde do dia 26 uma pesquisa da Vox Populi que coloca Lula vencendo no primeiro turno. No entanto, a pesquisa que foi postada no site BR 247 parece um pouco exagerada. Todos sabem que Lula vence no nordeste, e que nacionalmente estaria na casa dos 30%. Agora, vencer no primeiro turno pareceu um pouco apelativo. Mas como estava registrada no TSE, não custa nada publicar e que os leitores tirem suas conclusões.


Silvinho Silva é editor do Blog
silvinhosilva2018@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário