terça-feira, 31 de julho de 2018

Coluna Digital: PT vai de Marília

PT DECIDE NO DIA 02 DE AGOSTO O SEU DESTINO

Imagem relacionada
O PT se reunirá no próximo dia 2, quinta-feira, às 17 horas em Recife para decidir  se vai seguir com candidatura própria ou se vai se aliar ao PSB. Não existe mais essa questão de a direção nacional intervir em nada. O que ficar decidido quinta-feira será fechado por um simples fato: O PT deixou de ser um partido que está priorizando a aliança nacional, para dar prioridade onde tem seus governadores, ou chances reais de conquistar o governo. Pela primeira vez na história o PT tem chances reais de chegar ao comando do Palácio do Campo das Princesas,através da candidatura da vereadora Marília Arraes. Nunca antes o partido sentiu tão de perto o favoritismo em uma eleição estadual como agora. E não existe exemplo melhor de que o PT estadual é quem vai dar às cartas como os nossos estados nordestinos.

No Ceará, pelo benefício da reeleição do governador Camilo Santana (PT), o partido abriu mão da candidatura à reeleição de José Pimentel (PT) um dos seus fundadores naquele estado. Em troca, o governador receberá o apoio de nada mais nada menos que Eunício Oliveira do MDB de Michel Temer. Ora, o MDB vai entregar o seu tempo de TV ao PT para fazer campanha para Lula? Não. Ali o PT agiu em benefício da candidatura própria do seu governador. Outro estado que o PT segue fazendo alianças para o benefício do seu governador é o Piauí de Wellington Dias, que é pré-candidato a reeleição. Lá, a chapa está fechada  com Marcelo Castro do MDB e Ciro Nogueira do PP. Um apoiando Meireles e o outro, Alckmin.

Se nesses estados, o PT priorizou os seus governadores em detrimento de candidaturas até mesmo históricas, que dirá aqui em Pernambuco, onde a sua pré-candidata tem um percentual nas pesquisas iguais ao do governador que já tem 3 anos e 7 meses de um governo que foi a continuidade de 8 anos de outro do PSB.  300 delegados petistas de todas às regiões do estado vão decidir se o PT terá candidatura própria no estado ou se ficará à reboque do PSB indicando Humberto para aliança como candidato à reeleição. O PT não esteve apenas perto de decidir se vai caminhar com suas próprias pernas, mas se vai continuar existindo no estado ou não. Marília deu ao PT a cara que o partido não tinha em Pernambuco se tornando um fenômeno eleitoral. O grande problema: Cresceu mais do que Humberto esperava, tanto que o senador não consegue mais vencê-la. Se Marília tivesse ficado quieta, já teria sido rifada. 

Mas ela recebeu apoio de Lula e da direção nacional para colocar sua pré-campanha no ar. Marília viu o vácuo no estado por falta de uma oposição coesa, e soube crescer junto à militância que nunca esteve tão animada como está agora para a campanha. Como não posso adivinhar o resultado de uma eleição pois todas têm suas caixinhas de surpresa, não posso dizer que Marília Arraes está ou será eleita. Mas que será uma grande campanha a disputa entre Paulo Câmara, Armando Monteiro e Marília Arraes, isso eu posso garantir. Aguardemos pois os próximos capítulos desta novela.

Desconfortável - O Senador Humberto Costa (PT) disse em entrevista a uma rádio do agreste que não se sente confortável em uma chapa que tenha como aliado o deputado federal Silvio Costa (AVANTE) por ele ter um histórico de ser briguento. E o que diz o senador da companhia de Jarbas Vasconcelos do MDB?

MDB na Mira - O Senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) viajou para Brasília de onde participará de reuniões da direção nacional do partido. O deputado federal Jarbas Vasconcelos (MDB) está meio suspeito deste retorno de Bezerra Coelho temendo que ele tenha ido mexer os pauzinhos para levar o partido para o palanque de Armando. Afinal, até domingo tudo pode acontecer.

Ofertando Minas por Pernambuco - O PSB, segundo o deputado federal Silvio Costa (Avante) fez uma oferta ao PT nacional. Eles retiram a candidatura de Marília Arraes (PT) aqui no estado e o PSB retira a candidatura de Márcio Lacerda em Minas.

Estamos preparados - Uma fonte ligada ao PSB disse que o partido está preparado para vencer a eleição este ano seja com o PT, ou sem o PT. Todo chá é pouco nesses últimos dias que antecedem às convenções partidárias e principalmente a do PT e do PSB.

Dobradinha - O pré-candidato a deputado federal Milton Coelho (PSB) dobra em Belém de Maria com o deputado estadual Beto Accioly (PP). Eles contam na cidade com o apoio do ex-prefeito Tio Correia. 

Não vai rolar - O solidariedade está prestes a deixar o palanque de Paulo Câmara se for mesmo confirmado o nome de Luciana Santos (PC do B) como vice. O Prefeito de Olinda, Lupércio e o seu aliado, deputado federal Augusto Coutinho (SD) não querem ouvir falar e ameaçar se debandarem para o palanque de Armando.

Silvinho Silva
email: silvinhosilva2018@gmail.com
(81) 98281 4782


Humberto diz que não se sente à vontade de compor chapa com Silvio Costa


Em participação ao programa Cidade em Foco, da Rede Agreste de Rádio, o senador Humberto Costa (PT) voltou a defender aliança do PT com o PSB, atacou o deputado federal Silvio Costa Filho e fez um balanço da sua atuação para o agreste pernambucano.
Humberto Costa luta em Pernambuco por uma aliança do PT com o PSB, comandado pelo governador Paulo Câmara, que buscará a reeleição. Tal articulação, esbarra na pré-candidatura a governadora da vereadora do Recife, Marília Arraes, que tem ganhado força.
"A condução deste processo está nas mãos do diretório nacional, pelo fato de que para nós a eleição de Lula é o que há de mais importante neste momento. Para nós seria fundamental se pudéssemos ter o apoio do PSB a candidatura de Lula ou a quem ele indicar”, defendeu.
Humberto foi claro quando a sua posição pela aliança entre o PSB e PT. "Todo mundo conhece minha posição, eu defendo a aliança do PT com o PSB, sem desmerecer de forma alguma o trabalho, competência, simpatia, da vereadora, Marília Arraes. Se a decisão do partido for de ter uma candidatura própria e se a candidata for Marília eu estarei integrado nesta campanha”, ponderou.
Na oportunidade, ele ainda falou sobre o seu desejo de ser candidato a reeleição ao Senado Federal. "Quero ser candidato a Senador, por onde ando eu recebo o reconhecimento da população pelo trabalho que eu fiz, defendi Pernambuco acima de tudo, lutei para que o Estado crescesse. Estive lá em Brasília o tempo inteiro ao lado dos trabalhadores. Então acredito que posso apresentar o meu nome para ser candidato a senador mais uma vez”, disse.
Humberto deixou claro sua indisposição quando a figura do deputado federal Silvio Costa Filho, pré-candidato a senador na chapa de Marília Arraes. "Não tenho nenhuma simpatia em ser candidato ao lado de Silvio Costa, acho que ele além de contribuir pouco para o processo, tem o interesse em fazer uma campanha que não é o meu estilo, uma campanha de agressões”, declarou.
De acordo com o deputado, se confirma a candidatura própria do PT ao Governo de Pernambuco, ele analisará se manterá o projeto de reeleição ao Senado. “Eu pretendo ser candidato a senador na chapa do PSB, mas se a posição for outra, se tiver a candidatura própria, eu vou analisar as possibilidades”, declarou.

Silvio Costa: "PSB entrega Márcio Lacerda (MINAS) se o PT entregar Marília Arraes"

O PSB de Pernambuco conseguiu se superar. Fez uma proposta à Executiva Nacional do PT mais indecente que o seu governo. Uma gestão que é investigada por sete operações da Polícia Federal. O PSB joga à lama todo e qualquer resíduo de ética política que lhe restava. A proposta “pelo amor de Deus tirem Marília Arraes da disputa ao governo que eu retiro a candidatura de Márcio Lacerda em Minas“ é indecente e exdrúxula. Faltam adjetivos na língua portuguesa para uma proposta desse nível. É a cara do PSB de Pernambuco.
Ao propor que o PT sacrifique a candidatura de Marília Arraes em troca de Márcio Lacerda, em Minas, o PSB de Pernambuco reconhece a derrota com antecedência e mostra aos pernambucanos a sua verdadeira face: a cara da velha política, o pior tipo de política. A política mais rasteira. Os pernambucanos não têm dúvida de que Marília será candidata a governadora. A candidatura de Marília não pertence mais só ao PT. A Executiva Nacional do partido não vai aceitar a proposta imoral de rifar Marília.
Se o PSB não tem vergonha de desrespeitar um quadro político ético como Márcio Lacerda, ex-prefeito de Belo Horizonte, eu recomendo – como aliado de Marília Arraes e pré-candidato ao Senado – que respeite uma jovem mulher brasileira, séria e determinada. Uma guerreira de Pernambuco. Em que pese a conduta do PSB, Marília Arraes vai ter a oportunidade de dar exemplo de boa política a Pernambuco e ao Brasil.

PMN declara apoio à reeleição de Paulo Câmara



Após 12 anos caminhando na oposição, o Partido da Mobilização Nacional (PMN) decidiu apoiar o Partido Socialista Brasileiro (PSB) numa eleição estadual. Pré-candidato à reeleição, o governador Paulo Câmara se reuniu, no início da tarde de hoje, na sede do PSB, com o presidente estadual da legenda, Ivanildo Pedro, com o deputado estadual Jadeval de Lima e o secretário-geral Jailson Francisco, pré-candidato a deputado federal, e recebeu a confirmação da união.
Durante o encontro, Ivanildo Pedro avaliou a posição da legenda e disse que o partido reconhece todo o trabalho feito nas gestões do PSB em Pernambuco. “Após 12 anos, o PMN está caminhando com o PSB por entender que a forma como está se administrando o Estado vai melhorar ainda mais. O PSB tem feito muitos ajustes. A gente sentou com a executiva estadual, avaliou e vimos um avanço no Estado, com novos hospitais feitos durante esses anos. Pernambuco foi o único estado que não precisou ir ao Governo Federal pedir ajuda e cumpre a folha de pagamento. Hoje vimos aqui no diretório do PSB fechar essa aliança”, declarou.
O deputado estadual Jadeval Lima destacou que o PSB tem feito uma gestão exitosa, mesmo em período de crise, e que tem um olhar para os que mais precisam. “Avaliamos positivamente a vinda do PMN para a Frente Popular de Pernambuco. Era um partido que não caminhava com o PSB e agora temos essa oportunidade e queremos dar nossa contribuição para o desenvolvimento do Estado de Pernambuco”, pontuou. O mesmo foi dito pelo pré-candidato a deputado federal Jailson Francisco. “Estamos com uma expectativa grande para dar nossa contribuição para o Estado avançar mais e continuar fazendo um bom governo”, complementou.
O governador Paulo Câmara ressaltou a sua satisfação em receber o apoio da legenda. “Estou muito satisfeito com essa junção do PMN, que vai apoiar o PSB pela primeira vez e tenho a honra de receber esse apoio. Nosso time é forte, tem 150 prefeitos, mais de dois terços de deputados estaduais, mais da metade da bancada federal. É um prazer receber mais esse apoio”, destacou.

FBC retoma agenda legislativa após maratona durante recesso


O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) retoma a agenda legislativa em Brasília, amanhã, após cumprir dezenas de agendas durante o recesso parlamentar de julho. Fernando Bezerra realizou um giro de visitas a diferentes municípios de Pernambuco, passando por cidades do Sertão, da Região Metropolitana de Recife e do Pajeú.
Em Petrolina, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista e Serrita, o senador integrou a comitiva de Armando Monteiro (PTB-PE) e Mendonça Filho (DEM-PE), pré-candidatos, respectivamente, ao governo do estado e ao Senado pela frente de oposição Pernambuco Vai Mudar. “Faço questão de ir até onde as pessoas vivem para ouvir, diretamente delas, aquilo que o nosso povo deseja para Pernambuco e o país”, ressalta. “Por onde passamos, o sentimento é um só: de total descontentamento com o atual governo estadual e um forte desejo de mudança”, completa Bezerra Coelho.
No último dia 13, o senador acompanhou Monteiro e Mendonça em encontros com lideranças de Petrolina, cidade-natal de Fernando Bezerra. Eles estiveram no Bodódromo da cidade e concederam entrevistas a emissoras locais. De lá, partiram para Lagoa Grande, onde visitaram a Fazenda Garibaldi (produtora de vinhos e suco de uva) do ex-prefeito Jorge Garzeira e receberam o apoio de outros dois ex-gestores do município: Robson Amorim e Dhony Amorim.
No mesmo dia 13, foram para Santa Maria da Boa Vista. A convite do prefeito Humberto Mendes, participaram da 19ª Edição da Serenata da Recordação. No município, ainda se encontraram com os ex-prefeitos Jetro Gomes e Leandro Duarte. As agendas no Sertão também contaram com a participação de Guilherme Coelho.
Já no dia 20, Fernando Bezerra Coelho acompanhou o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, em ações da Caravana da Cidadania. Cerca de 1,5 mil pessoas participaram da ação, que ofereceu serviços gratuitos nas áreas de assistência social, direitos humanos e saúde, entre outros.
MDB - Na próxima quinta-feira, Bezerra Coelho participa da reunião da Executiva Nacional do MDB. Durante o encontro, em Brasília, o colegiado deliberará sobre a escolha do candidato que o partido apoiará à Presidência da República. Também será votada medida para delegar à Executiva Nacional a decisão sobre coligações com outros partidos.

Vice-prefeito de Carpina declara apoio a Marília Arraes


Vice-prefeito de Carpina declara apoio a Marília Arraes
Filiado ao Solidariedade o vice-prefeito de Carpina, Marcelo Pascoal, declarou apoio a pré-candidatura da vereadora recifense, Marília Arraes (PT), ao Palácio do Campos das Princesas.

Os políticos se encontraram, na tarde de hoje (31), no escritório político da vereadora, em Recife.

“Marília é o que realmente representa a mudança para o nosso estado. O povo pernambucano já cansou desse governo que aí está, que dura 12 anos, e estagnou o estado de Pernambuco. Vamos levar ao povo da Mata Norte que Marília é a candidata de Lula, é a candidata do povo”, disse Pascoal.

Marcelo será o coordenador da campanha de Marília, na Mata Norte.

(Blog do Elielson Lima)

Em Maraial, Moura diz cidade passa por um Novo Tempo

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, multidão e atividades ao ar livre
O Prefeito Moura (PTB) entregou hoje pela manhã uma Moto Pop e um automóvel MOB que será destinado às secretaria de infraestrutura e saúde. Na ocasião o prefeito fez uma grande prestação de contas à população. O evento contou com a participação de secretários e lideranças municipais e vereadores.

"Sinto que está começando um novo tempo em Maraial. Estamos renovando a frota de veículos na cidade de Maraial. Hoje entregamos esses dois veículos, nos próximos dias estará chegando duas caminhonetes e uma ducato, e todas vão ficar à disposição da saúde. Estamos trabalhando sem parar e queremos ver o nosso município desenvolvido" disse o Prefeito Moura para a multidão presente ao evento. 

O Prefeito ainda anunciou a pavimentação asfáltica do distrito de Sertãozinho. "Quero que o povo quando lembre de Moura, lembre do prefeito que lembrou da população e que lutou para tirar a cidade do marasmo em que se encontrava".

Solidariedade pode abandonar o governador Paulo Câmara

Resultado de imagem para Augusto Coutinho
O Solidariedade prepara desembarque do Governo Paulo Câmara (PSB). A presença da deputada Luciana Santos como vice na chapa do governador tem deixado os membros do partido desgostosos. O Presidente estadual do partido, deputado federal Augusto Coutinho chegou a relatar a aliados que caso haja uma confirmação neste sentido o partido irá deixar o governo do PSB e se unir nas hostes oposicionistas. A preferência do partido é pela coligação de Armando Monteiro. "Não temos como caminhar com o PT" disse um aliado do deputado Augusto Coutinho sobre alguma aliança entre o partido e a pré-candidata petista Marília Arraes.
O fato de ter um vice que é rival na cidade de Olinda, fez com o Prefeito Lupércio repensasse o apoio a Paulo Câmara. O Prefeito é aliado de Augusto Coutinho que já está muito chateado com a forma dispensada pelo Palácio ao partido. 

Armando responsabiliza governador por explosões em bancos


O pré-candidato ao Senado pela frente de oposição “Pernambuco Vai Mudar”, senador Armando Monteiro (PTB), voltou a criticar a falta de pulso do governador Paulo Câmara no combate à violência no Estado. “Falta atitude, falta voz, falta pulso firme. Pernambuco vive dominado pelo medo e não é algo mais restrito ao Recife e à Região Metropolitana: as cidades do interior têm sido sistematicamente alvo da ação dos bandidos”, salientou Armando.

O senador se refere à madrugada de terror nas cidades de São Bento do Una e Santa Cruz do Capibaribe, em que três agências bancárias foram explodidas por grupos organizados de assaltantes fortemente armados. Em São Bento do Una, uma família chegou a ser feita refém dos assaltantes.
“O modus operandi dos assaltantes é o mesmo. Eles chegam de madrugada, ateiam fogo em carros da própria polícia, colocam grampos nas estradas para impedir a perseguição. Todo mundo sabe como eles agem. A falta de investimento em inteligência impede que a polícia se antecipe às ações. Isso é algo que temos que mudar”, continua Armando.
Somente em julho, ocorreram, segundo a imprensa, ações do gênero em seis cidades do Agreste (São Bento do Una, Santa Cruz do Capibaribe, Lagoa dos Gatos e Surubim) e da Zona da Mata (Quipapá e Pombos), tendo dez estabelecimentos sido explodidos.
“O pior é que essas agências, muitas vezes, não são reabertas. Isso traz um prejuízo grande à população, que tem que ir a outras cidades para poder sacar dinheiro ou receber sua aposentadoria ou benefício. Sem falar nas filas gigantes que se formam nas lotéricas, Correios e correspondentes bancários. A economia desses municípios também perde, pois os negócios terminam sendo feitos onde os bancos estão”, arremata.
O Ministério Público de Pernambuco tem atuado, junto à Associação Municipalista de Pernambuco, para que as instituições bancárias sejam reabertas, orientando os promotores a ajuizarem ações contra os bancos.

PARANÁ PESQUISAS: Bolsonaro lidera

PESQUISA - Pesquisa feita pelo Instituto Paraná Pesquisas mostra o candidato do PSL, Jair Bolsonaro à frente dos demais candidatos. O deputado aparece com 23,6% das intenções de votos, seguido de Marina Silva (REDE) com 14,4% que aparece tecnicamente empatada com Ciro Gomes (PDT) que aparece com 10,7%. Em quarto lugar aparece Geraldo Alckmin (PSDB) com 7,8%, seguido de Álvaro Dias (PODEMOS) com 5% e em sexto lugar aparece Fernando Haddad (PT) com 2,8%. Neste cenário, o candidato do PT é o ex-prefeito Fernando Haddad, e não conta com a presença do ex-presidente Lula na pesquisa.
De acordo com o diretor do Paraná Pesquisas,Murilo, as chances do PSDB e PT de reagirem e crescerem nas pesquisas só com o início do guia eleitoral.
Veja os próximos dois cenários da pesquisa:

No cenário em que aparece o ex-presidente Lula, ele lidera com 29% das intenções de votos, e Bolsonaro fica em segundo lugar com 21,8%. Neste cenário, quem mais perde é Marina Silva (REDE) que cai de 14% para 9% e Ciro Gomes que oscila negativamente de 10% para 6%.
Vamos ao cenário 3:
O quadro para a disputa presidencial está estável, de acordo com Murilo Hidalgo, diretor do Paraná Pesquisas. 
A Paraná Pesquisas encontra-se registrada no Conselho Regional de Estatística da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª Região sob o nº 3122/18. A amostra é representativa dos moradores das áreas pesquisadas e foi selecionada em três etapas.
O universo desta pesquisa abrange os eleitores brasileiros. Para a realização desta pesquisa foi utilizada uma amostra de 2.240 eleitores, sendo esta estratificada segundo sexo, faixa etária, escolaridade, nível econômico e posição geográfica.

O trabalho de levantamento de dados foi feito através de entrevistas pessoais com eleitores com 16 anos ou mais em 26 Estados e Distrito Federal e em 170 municípios brasileiros entre os dias 25 a 30 de julho de 2018, sendo auditadas simultaneamente à sua realização em 20,0% das entrevistas. Tal amostra representativa do Brasil atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,0% para os resultados gerais.

Nas análises das questões por localidade, o grau de confiança atinge 95,0% para uma margem de erro de 3,0% para o estrato da Região Sudeste, onde foram realizadas 973 entrevistas, 4,0 % para o estrato da Região Nordeste, onde foram realizadas 600 entrevistas, 5,5 % para o estrato da Região Norte + Centro-Oeste onde foram realizadas 338 entrevistas e 5,5 % para o estrato da Região Sul, onde foram realizadas 329 entrevistas.

PP e PR indicam Eriberto Medeiros à presidência da Alepe

Resultado de imagem para Eriberto Medeiros
Após reunião, ontem, com todos os deputados do PP e PR, além da executiva estadual presidida pelo deputado federal Eduardo da Fonte, ficou decidido que os partidos terão uma única indicação à candidatura para presidência da Assembleia Legislativa de Pernambuco, que será o deputado estadual Eriberto Medeiros.

O deputado estadual Cleiton Collins, vice-presidente da Alepe, afirmou que abriu mão da candidatura para se dedicar à prestação de contas de seu mandato. "Quero me dedicar neste momento à prestação de contas do meu mandato para o povo pernambucano. Fiz um governo em um período difícil e delicado, consegui a interlocução da casa e por isso esperei o momento certo para tomar a decisão correta, preservando a unidade".

Eriberto Medeiros agradeceu pelo gesto. "Agradeço ao pastor Cleiton Collins pelo gesto de abrir mão da disputa interna do PP em busca de um consenso, já que existe um sentimento de respeito à proporcionalidade dos partidos na Assembleia. E ao presidente do partido, Eduardo da fonte, que de forma democrática, ouviu os membros dos partidos, indicando o nosso nome para a apreciação dos 48 deputados na Casa Joaquim Nabuco".

Profissionais de Educação Física pedem apoio para vencer grupo há 20 anos no poder


Um candidato só é proclamado vencedor da eleição após a abertura das urnas. Uma das raras exceções a essa regra democrática acontece em uma autarquia federal. É que nas eleições para o Conselho Regional de Educação Física da 12ª Região/Pernambuco (CREF12/PE), onde há mais de 10 mil profissionais registrados, todas as chapas de oposição são sempre impugnadas.
Desde a criação do CREF em 1998 nunca houve disputa nas eleições. As chapas adversárias têm sempre o registro indeferido. Nas eleições 2018, marcadas para o dia 14 de setembro, mais uma vez isso aconteceu. Das 3 chapas inscritas apenas a chapa da situação teve o registro deferido.
A chapa 2 divulgou uma nota de esclarecimento à sociedade brasileira explicando tudo que está acontecendo e pedindo apoio dos Profissionais de Educação Física e de toda a Sociedade Civil.
Essa eleição precisa ser acompanha de perto pelo Ministério Público e demais entidades e órgãos de fiscalização. Há fatos que parecem ferir leis e princípios gerais de práticas democráticas o que pode até mesmo caracterizar improbidade administrativa e ilícitos criminais.
Profissionais de Educação Física apontam indícios de fraudes e abuso de poder. A Presidente do CREF12/PE que está no cargo há mais de 10 anos nomeia uma Comissão Eleitoral por resolução. É possível que todos da comissão sejam amigos de quem nomeou. As chapas não podem nomear membros para a Comissão Eleitoral.
A presidente, candidata a mais uma reeleição, também por resolução publica um Regimento Eleitoral confuso. O regimento não prevê a possibilidade das chapas impugnarem possíveis ilegalidades umas das outras. Apenas a Comissão Eleitoral escolhida pela gestão tem o poder de impugnar as chapas. As chapas não conhecem os 14 (quatorze) membros umas das outras para fazer possíveis questionamentos. Parece não haver transparência.
Outra reclamação é que só pode ser candidato a Conselheiro o profissional que votou na última eleição, entretanto no site da entidade não consta a relação de quem votou em 2015. No site do CREF de vários estados é possível verificar quem votou, mas não em Pernambuco.
Os Profissionais de Educação Física também reclamam que nenhum representante do Ministério Público, da Ordem dos Advogados do Brasil ou outra entidade fiscalizadora acompanha a eleição.
A chapa 1 do grupo da situação teve seu pedido deferido.
A chapa 2 teve o registro indeferido. Dois membros foram impugnados. O primeiro por ter feito parcelamento com o Sistema CONFEF/CREFs foi tido como inadimplente, mesmo não tendo nenhum boleto em atraso no dia do requerimento de registro da chapa (26/06). Ainda assim no dia 18/07 o membro da chapa pagou os boletos de agosto e setembro para evitar quaisquer questionamentos.
O segundo membro foi impugnado, pois a Comissão Eleitoral diz que ele não atende o requisito do inciso “XII – não for inadimplente em quaisquer prestações de contas, em decisão administrativa definitiva.” Para a Comissão Eleitoral do CREF de Pernambuco embora o candidato tenha apresentado, no prazo, as contas de campanha eleitoral (logo não está inadimplente) – a prestação de contas de campanha não foi aprovada pela Justiça Eleitoral (órgão do Poder Judiciário).
A comissão confunde aprovação de contas com entrega de contas. O membro da chapa apresentou Certidão de quitação eleitoral. Pode concorrer, portanto, à Presidência da República, mas não à Conselheiro do CREF de Pernambuco.
Para a Comissão Eleitoral do CREF12/PE o candidato que apresenta as contas de campanha na Justiça Eleitoral, mas estas não são aprovadas está inadimplente. Exatamente o contrário do que prevê a Lei 9504/1997 e o Supremo Tribunal Federal (STF). A Comissão Eleitoral do CREF12/PE também acredita que as decisões de um Juiz Eleitoral e do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) são decisões administrativas. Exatamente o contrário do previsto na Constituição Federal.
A chapa 3 também teve o registro indeferido. A alegação é de a chapa utilizou formulário inadequado para solicitar o registro e de que apresentou apenas uma via do requerimento. A outra alegação é da de que um membro também realizou parcelamento com o Sistema CONFEF/CREFs o que seria um impedimento.
A fundamentação apresentada pela Comissão Eleitoral para indeferir as chapas é motivo de críticas pelo mundo jurídico. Parece que a Comissão cria ilegalidades nas chapas concorrentes para que a chapa da situação não precise concorrer com nenhum adversário.
A chapa 2 representada pelo Prof. Lúcio Beltrão interpôs o Recurso Administrativo para que a Comissão Eleitoral do CREF/PE retificasse sua decisão, mas a Comissão Eleitoral estranhamente manteve o indeferimento ignorando as provas, as leis, a doutrina e a jurisprudência apresentada no recurso.
 “Não concordamos com o que tem sido feito. A democracia brasileira é muito recente e algumas pessoas, infelizmente, ainda acreditam que em eleição vale tudo, feio é perder. Vamos buscar nossos direitos na Justiça. Só queremos um pleito que cumpra a legislação brasileira. Todos os 14 membros da nossa chapa cumprem as exigências legais para serem conselheiros. Estaremos, portanto, na disputa. Em 2018, os profissionais de Educação Física poderão votar na chapa 2.” afirmou Lúcio Beltrão, representante da chapa 2 e Membro da Comissão de Direito Desportivo da OAB/PE.
Em 2015, as eleições também foram decididas pela Justiça (2ª Vara Federal-TRF5) e não pelos Profissionais de Educação Física.
“Nossa chapa é formada por pessoas compromissadas querendo fazer a diferença na representação da profissão e, infelizmente, temos o nosso direito de disputar tolhido” afirmou Aída Alves, candidata a Conselheira pela chapa 2.
“Pagamos a anuidade mais cara do Brasil. Devíamos parar de pagar. Queria ver como eles iriam fazer”, sugeriu o Prof. Marlon Arruda.
A chapa 2 está pedindo doações, de qualquer valor, para cobrir os custos da campanha e despesas judiciais (advogado, custas, etc). Os interessados em ajudar podem depositar na conta:



Banco do Brasil
Agência: 1835-X
Conta Corrente:53745-4
CPF: 060.463.374-29

"Pernambuco Vai Mudar" oficializa nome de Armando como candidato a governador neste sábado

A hora da mudança em Pernambuco está chegando. Neste sábado 4 de agosto, a partir das 9h, no Classic Hall, em Olinda, a frente das oposições “Pernambuco Vai Mudar” realiza convenção para oficializar as candidaturas do senador Armando Monteiro (PTB) a governador e dos deputados federais Bruno Araújo (PSDB) e Mendonça Filho (DEM) para o Senado nas eleições do dia 7 de outubro. O evento dá o sinal verde para que os candidatos comecem as atividades oficiais eleitorais. A vaga de vice na coligação deverá ser anunciada até o sábado.

Em torno de Armando, Bruno e Mendonça estão alinhados até o momento 12 partidos: além de PTB, PSDB e DEM, integram a aliança das oposições PSC, PPS, PRB, Podemos, PV, PSL, PRTB, PHS e PSDC.

“Fui convocado pela frente de partidos para liderar um novo tempo em Pernambuco, que resgate a esperança da nossa população e o protagonismo que o nosso Estado sempre teve”, afirmou Armando. “Ouvindo os pernambucanos de todas as regiões, estamos construindo um projeto que gere mais ofertas de empregos, cuide das pessoas, ofereça melhores dos serviços públicos na saúde, segurança pública, educação.”

Cinco ex-governadores estão apoiando a frente liderada por Armando: além de Mendonça, Roberto Magalhães (DEM), Gustavo Krause (DEM), Joaquim Francisco (PSDB) e João Lyra Neto (PSDB). Também reforça a aliança, desde o primeiro momento, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), bem como deputados federais e estaduais e prefeitos das principais cidades de Pernambuco, como Jaboatão dos Guararapes, Caruaru, Petrolina, Salgueiro, Garanhuns, Camaragibe, Ipojuca, Igarassu, Santa Cruz do Capibaribe, São Lourenço da Mata e Araripina, entre outras.

Além da chapa majoritária, serão oficializados como candidatos os postulantes à Assembleia Legislativa e à Câmara Federal. 

Foto: PTB/Divulgação

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Coluna Digital: Paulo vai pedir uma chance a Pernambuco

PAULO VAI PEDIR UMA OPORTUNIDADE AO POVO DE PERNAMBUCO

Resultado de imagem para Paulo Câmara
Com o slogan "Pernambuco pra frente", o governador vai para a sua campanha à reeleição com uma convenção marcada para o próximo domingo, dia 5. Após 4 anos de eleição o governador vai para a campanha prestar contas de um mandato difícil, complicado e que foi marcado por diversas turbulências. Enfrenta uma oposição que conta  com nomes respeitadíssimos no estado, quer seja pelo histórico político, quer seja pelos serviços prestados ao estado e ainda uma provável candidatura que vem se tornando a novidade no ano eleitoral.  Paulo sabe que o palanque da oposição é forte, muito mais forte do que o era em 2014. Desta vez, Armando Monteiro conta com um apoio de 12 partidos e Paulo com o mesmo número. Marília Arraes, provavelmente vem com o apoio de 3 a 5 partidos. O caldo vai engrossar como diz o ditado. E não é apenas Paulo que sabe disso, prefeitos e aliados também. 

E não apenas isso, Paulo e sua coligação vai para a campanha em um momento que a população está muito mais exigente e mais ligado na eleição para governador. Para se ter ideia, no estado este ano 80% dos assuntos políticos comentados nas redes sociais faz alusão à campanha para governador de Pernambuco. Em outras campanhas, esta porcentagem era diferente porque geralmente no 1º turno o costume da população é fazer campanha para deputado (seja estadual ou federal) e geralmente se deixa o cargo de governador e presidente para o segundo turno. No entanto, este ano a cobrança está grande, seja pela falta de promessas feitas ou seja pelos fatos que andaram tirando o sossego dos pernambucanos: A crescente onda de violência no país e mais ainda, no estado. 

Conversei com alguns aliados do governador sobre muitas coisas que vão para a propaganda eleitoral do governador. Uma delas, é a defesa de que Pernambuco apresenta hoje a melhor educação do país. O programa GANHE O MUNDO está servindo de exemplo para outros estados. No entanto, em momento difícil onde a insegurança, a violência chegam a índices assustadores em Pernambuco, o povo não está conseguindo enxergar as benfeitorias de Paulo. Segundo alguns, a falta de apoio do governo federal deixou Paulo de mãos atadas e sem poder fazer muita coisa. "Faltou dinheiro e Paulo governou Pernambuco em um momento muito difícil do país". Se este discurso do governador Paulo Câmara será compreendido pela população para dar-lhe uma oportunidade de consertar seu governo nos próximos quatro anos, serão outros quinhentos.

FICOU FEIO - O episódio envolvendo a peça teatral de Garanhuns onde mostra Jesus como um transsexual, está tirando o sono de Paulo Câmara que ainda não veio a público fazer uma declaração ou algo parecido para os seus eleitores que são em sua maioria cristãos. Esta parcela do eleitorado pernambucano exige de Paulo Câmara alguma posição, e logo!

VICE - O nome de Luciana Santos (PC do B) para a vice de Paulo Câmara não teria agradado aliados e principalmente membros do Solidariedade que estão esperando apenas a confirmação para pular fora do palanque de Paulo e aderirem a campanha de Armando.

E POR FALAR EM LUCIANA - Ela está no Partido Comunista do Brasil que abriga o senhor Marcelino Granja responsável por toda essa trapalhada do Festival de Inverno de Garanhuns. Membros das igrejas cristãs no estado prometem um verdadeiro boicote à campanha de Paulo, caso seja indicado algum vice do seu partido, no caso, o PC do B para qualquer vaga na chapa majoritária. "Pernambuco não merece passar pelo que passou tendo o nosso Jesus desrespeitado" disse um líder religioso no estado. 

AÇÃO - Foi de autoria do advogado e Pastor Wellington Carneiro (PATRIOTAS) como membro da Ordem dos Pastores Evangélicos de Garanhuns, o Mandado de Segurança que resultou na suspensão da peça teatral no Festival de Inverno de Garanhuns. O advogado, com seu grupo, entraram com a peça no TJ na sexta-feira a noite. O advogado é pré-candidato a deputado federal e deve levar um bucado de votos pelo seu reconhecimento e trabalho nesta questão.

CABO AENIA E O PEDIDO DE PRISÃO - Atendendo a um pedido da ex-cabo e pré-candidata a deputada estadual Aênia (PSDB) o advogado Jetthro Silva Júnior ingressou na Polícia Civil com uma denúncia contra o cantor Jonh Donovan Maia que chamou Jesus de "travesti e bicha" e caso venha a ser condenado pode pegar cinco anos de prisão.

QUASE FECHADO - Está quase fechado o palanque de Armando Monteiro (PTB) com a presença de Fred Ferreira (PSC) na vice. O nome de Fred está sendo quase consenso na chapa. Embora tenha tido o seu nome lembrado, Daniel Coelho (PPS) deve buscar a reeleição ao cargo de deputado federal.

MUDAR O PPS - Daniel Coelho está dedicado também a mudar o nome da sigla do PPS e o seu regimento, agregando valores liberais a legenda pós comunista.

VISITA E PRESTÍGIO - O pré-candidato a senador pelo PSDB Bruno Araújo, visitou neste domingo o município de Camocim de São Felix onde passeou no meio dos forrozeiros ao lado do prefeito Joãozinho Tenório. Camocim realiza todos os anos o forró de São Pedro, fora da data em busca de atrair turistas. O tucano demonstrou prestígio com autoridades e popularidade com os cidadãos da cidade.

PDT e PT - O PDT está torrando sua paciência com o governador Paulo Câmara. O motivo? A defesa de Paulo e a luta para levar o PSB para o palanque de Lula e rifar de vez a candidatura de Marília Arraes ao governo de Pernambuco. Por conta dessa insistência de Paulo Câmara o PSB ainda não fechou com Ciro Gomes. Revoltado, o presidente Lupi, disse que a depender da posição do governador na nacional o partido pode "cair" nos braços de Marília. E aí, nem Mel, nem Cera e Nem Zé Queiroz.

DEFESA - A tendência do PSB é de fechar pela neutralidade e liberar o partido nos estados. Essa é a maneira que está agradando alguns do partido, menos o governador Paulo Câmara que queria uma eleição plebiscitária no estado, o que está a cada dia mais difícil de acontecer. 

Silvinho Silva 
silvinhosilva2018@gmail.com
(81) 98281 4782

Advogado pede prisão de cantor que chamou Jesus de "bicha"

Ricardo Antunes

Advogado pede prisão preventiva de cantor Jonny Hoocker que chamou Jesus Cristo de “travesti e bicha”  em festival
A polêmica apresentação no festival de inverno de Garanhuns pode parar na delegacia. O advogado criminalista Jetthro Silva  Júnior ingressou na Chefia de Polícia da Policia Civil de Pernambuco, com uma notícia crime contra o cantor  Jonh  Donova Maia, conhecido como Johnny Hoocker. Se condenado o cantor que chamou Jesus Cristo de “bicha, viado e transexual” pode pegar até cinco anos de prisão.

Na ação o advogado afirmou que,  segundo dados do IBGE, cerca de 86% da população brasileira se declara cristã. ou seja, ainda que o brasil seja um pais constitucionalmente laico, mais de 178 milhões de brasileiros possuem ou professam a fé cristã, ou seja,  tem na pessoa de Jesus Cristo o centro e a razão de sua crença.

Lembrou  ainda que Jesus Cristo também é considerado para os cristãos como modelo de uma vida virtuosa, e tanto como o revelador quanto a encarnação de Deus. os cristãos chamam a mensagem de Jesus Cristo de evangelho (“boas novas”), e por isto referem-se aos primeiros relatos de seu ministério como evangelhos .

Argumenta que as pessoas que professam a fé cristã tem a pessoa de Jesus Cristo como uma pessoa do sexo masculino, heterossexual, segundo a bíblia sagrada, que é o livro que contém os ensinamentos cristãos.

“Qualquer afirmativa diferente desses dogmas é considerada uma ofensa a fé cristã. Daí, qualquer manifestação que implique, de alguma forma, em ofensa a Jesus é uma ofensa aos cerca de 178 milhões de brasileiros”, explicou.

Pessoalmente ele se disse ” ofendido, quando na noite do último dia 28 de julho de 2018, na cidade de garanhuns/pe, durante um “show” realizado no âmbito do chamado festival de inverno de garanhuns, o noticiado John Donovan Maia, que se apresenta com o vulgo de Johnny Hooker, afirmou que “Jesus é transexual sim, Jesus é bicha sim, porra!“, além de ter puxado o coro “ih, ih, ih, Jesus é travesti“.”

A circunstância de Johnny Hooker ter-se expressado por ocasião de uma manifestação artística de duvidosíssima qualidade, e que, portanto, nessa circunstância, in thesi, estaria albergada pela liberdade estabelecida no inciso IX do art. 5º da constituição federal, não é menos certo que essa mesma liberdade deve amoldar-se à lei. Assim, ainda que arte seja, substancialmente, liberdade, o direito à liberdade artística não pode ser ilimitado e encontra balizas em outros valores constitucionalmente assegurados.

Ele lembrou ainda que o art. 20, §2°, da lei federal n° 7.716, de 05 de janeiro de 1989, dispõe, que “praticar ou incitar a discriminação de religião” é crime com pena de até 5 anos de reclusão.

O advogado arrolou, como testemunhas, o prefeito de Garanhuns, o arcebispo de Olinda e Recife, o bispo diocesano de Garanhuns, o presidente da ordem dos pastores evangélicos de Garanhuns e região, além da cantora Daniela Mercury e lembrou, ainda, a possibilidade da representação pela decretação da prisão preventiva do cantor.

“Palácios e cargos não me importam e, sim, as instituições democráticas”, diz Janaína que decide, hoje, se aceita a vice

“Palácios e cargos não me importam e, sim, as instituições democráticas”, diz Janaína  que decide, hoje, se aceita a vice
Por Ricardo Antunes

Eu conversei, logo cedo, com  a advogada e professora Janaína Paschoal e ela nos confirmou que irá mesmo se encontrar com o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, que está em São Paulo onde participa á noite do programa Roda Viva. Ele deixou claro que existe, sim, a possibilidade de aceitar o convite mas deixou claro que não pretende ser uma coadjuvante no processo eleitoral

“Eu preciso da garantia de que as instituições democráticas, todas, serão respeitadas. Não posso correr o risco de ajudar significativamente na eleição e, uma vez eleita, não ter voz para representar as pessoas que confiaram em mim. Os cargos e os palácios não me importam. Quero resguardar a Democracia”, disse ela que foi uma das autoras do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Roussef.

Bezerros: Silvio Nascimento se encontra com lideranças da cidade

A imagem pode conter: 14 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e barba
O pré-candidato Silvio Nascimento esteve na cidade de Bezerros, no Agreste do Estado, neste domingo (29), para participar de um encontro com lideranças do grupo Direita Bezerros, que apoia Jair Bolsonaro à presidência da república.

Na ocasião, foram também debatidas questões ligadas à estratégia política da pré-candidatura do futuro parlamentar. O líder do Direita Bezerros, Alisson Anbryo, falou sobre a visita de Silvio Nascimento a cidade, "Nós enxergamos em Silvio uma nova política nacional, não queremos aquele velho jargão mais uma vez, e essa podridão que está espalhada pelos quatro cantos do Brasil. O momento é de renovação e Silvo é uma alternativa", disparou Alisson.

Para Silvio Nascimento encontros com lideranças serão algo corriqueiro durante a campanha a deputado federal. Ainda segundo ele, o apoio do grupo Direita Bezerros é um reflexo da vontade de mudança da sociedade "O encontro foi uma comunhão de ideais e uma demonstração do desejo de mudanças. São jovens com pensamentos conservadores, o que leva ao resgate dos valores familiares, éticos e morais" resumiu Nascimento.

O próximo compromisso de Silvio Nascimento será uma reunião com lideranças, nesta segunda-feira (30).

PDT pode aderir campanha de Marília

Resultado de imagem para Marilia Arraes e Tulio Gadelha
Na reta final das convenções partidárias, o prazo cada vez mais apertado para a definição de alianças obriga os dirigentes das agremiações a adotarem uma postura mais firme em relação ao seu arco de apoios. É o caso da relação nacional entre os comandos do PDT e PSB que ameaça afetar a conjuntura de Pernambuco. Dirigente nacional do PDT, Carlos Lupi se mostra cada vez mais impaciente com a ofensiva do PSB do governador Paulo Câmara (PSB) em insistir na aliança com o PT, minando o apoio da legenda ao pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT). Questionado sobre o tensionamento entre as siglas, Lupi foi taxativo: a posição do PDT de Pernambuco dependerá da posição do PSB de Pernambuco.

"Enquanto o PSB não definir a posição deles, não vamos definir a nossa. A definição do PDT de Pernambuco vai depender da definição do PSB de Pernambuco. Estou esperançoso na possibilidade de construirmos uma aliança nacional e trabalho muito para ter o apoio deles. Mas nós dependemos dessa definição", afirmou Lupi.

Nacionalmente, Lupi vêm dialogando com dirigentes do PSB para fechar o apoio dos socialistas a Ciro Gomes na convecção da sigla, prevista para o próximo sábado. "Converso diariamente com as lideranças do PSB de Amazonas, Rio de Janeiro e Espirito Santo. Trabalho para ter esse apoio", relatou.

No último sábado, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), que teve a candidatura à reeleição oficializada, defendeu o apoio do partido ao pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT). "Até o momento da decisão definitiva do PSB vou procurar convencer os dirigentes nacionais do partido que a melhor alternativa para o Brasil sair da polarização PSDB-PT é a candidatura de Ciro Gomes", declarou. Em busca do apoio do PSB, o PDT já “adiantou seus peões” com apoio em estados como Espírito Santo (Renato Casagrande) e São Paulo (Márcio França). Internamente, a avaliação é que Gomes teria a maioria do diretório, mas o PSB-PE evita fechar o apoio para não atrapalhar as tratativas com o PT. Por isso, a postura mais dura com o PSB de Pernambuco.

A indefinição nacional acabou por acirrar os ânimos no plano local. Nos últimos dias, o dirigente nacional do PDT, Túlio Gadêlha, expôs que há um diálogo com a direção nacional da sigla para levar o partido para a candidatura da vereadora Marília Arraes (PT) para o Governo do Estado. Nos bastidores, a petista trabalha pelo apoio dos pedetistas e vem conversando com lideranças regionais do partido. A posição de Gadêlha, contudo, enfrenta a oposição do presidente estadual do PDT, Wolney Queiroz, que é aliado do Palácio das Princesas. Paralelo ao imbróglio interno, o grupo dos Queiroz trabalha por um espaço na majoritária da Frente Popular de Paulo para o ex-prefeito de Caruaru, José Queiroz.

O histórico na relação entre o PDT Nacional e o diretório da sigla em Pernambuco traz uma recente intervenção, que afetou a coligação da primeira eleição de Paulo Câmara. Em 2014, o comando nacional da sigla fez uma intervenção para que a legenda apoiasse o senador Armando Monteiro Neto (PTB), contrariando o grupo dos Queiroz. O fato do PDT-PE contar com uma comissão provisória e não um diretório permanente facilita esse tipo de "intromissão" da nacional na conjuntura local.

(Blog da Folha de Pernambuco)

Arcoverde: Wellington Carneiro e Paulinho Tomé recebem o apoio de dr. Iran

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, óculos, terno e close-up
O pré-candidato a deputado federal, Wellington Carneiro (Patriotas), recebeu o apoio de Dr. Iran de Arcoverde. Dr. Iran é cirurgião geral da cidade e atende a diversos municípios da região. Na cidade, dr. Iran está fechando apoio também a Paulinho Tomé (PRP) para deputado estadual. 
Dr. Iran já foi vereador em Arcoverde, e está trabalhando intensamente na campanha de dr. Wellington e de Paulinho Tomé, numa dobradinha que promete muito sucesso eleitoral na eleição deste ano.

Floresta: George participa de encontro de servos

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas, sapatos e área interna
Nesta reta final da pré-campanha, o pré-candidato George Costa (PSDC) esteve reunido com o grupo de servos da Renovação Carismática Católica da cidade. Na oportunidade, George falou sobre família, igreja, sociedade e política. O momento também serviu para que o pré-candidato ouvisse ideias para suas propostas de campanha. 
George tem feito uma intensa agenda nas dioceses e grupos de oração onde alerta sobre a participação do católico na política.  Na semana passada, George esteve visitando o Bispo de Nazaré da Mata acompanhado da coordenação diocesana da RCC.

Jair Bolsonaro estará no Roda Viva hoje

Resultado de imagem para Jair Bolsonaro roda vivaA partir das 22:15 horas de hoje (30 de julho) o entrevistado do Programa Roda Viva será o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), na TV CULTURA. 

Chapa Marília e Júlio Lóssio ganha força

Resultado de imagem para Marilia Arraes e Julio Lossio
Cresceu durante este final de semana a possibilidade de Júlio Lóssio, ex-prefeito de Petrolina, ser o vice de Marília Arraes. Ele, até o momento se encontra na condição de pré-candidato a governador pela REDE. No entanto, como a definição da candidatura de Marília se dará no próximo dia 2, é bem provável que a REDE venha a aderir a candidatura de Marília Arraes (PT), forçando assim a vaga do senado para Maurício Rands (PROS).
Segundo informações, Humberto Costa, pré-candidato a reeleição não descarta ser candidato a reeleição na chapa encabeçada por Marília, mas não mostra tanta disposição assim para tal. Prefere disputar ao lado de Paulo Câmara. 

domingo, 29 de julho de 2018

Coluna Digital: Semana decisiva

Resultado de imagem para Paulo Camara Armando Monteiro e Marilia Arraes
Desta semana não passa! Todos saberão quem será quem em 2018

Entramos na última semana que encerrarão os períodos de pré-campanha no próximo domingo dia 05 com o prazo final para às convenções partidárias. Até agora, apenas um grupo está com a majoritária completa, os demais todos estão dependendo de outros fatores, de outras decisões para chegarem a finalidade completa. O Palanque de Armando Monteiro (PTB) governador, fechou com Bruno Araújo(PSDB) e Mendonça Filho (DEM). No entanto ainda falta a ele a indicação do seu vice que poderá ser Fred Ferreira (PSC).
Na Frente Popular temos a confirmação da candidatura de Paulo Câmara à reeleição pelo PSB e ainda falta fechar a vice que deverá ficar com o PC do B. Segundo o Estadão divulgou no dia de ontem, o governador teria convidado a deputada federal do Partido Comunista, Luciana Santos para a vaga. Para a vaga de senador, caso não aconteça alguma surpresa pelo menos a vaga de Jarbas Vasconcelos (MDB) estaria garantida. A outra, está em aberta com a esperança de Paulo Câmara fechar com o PT e colocar Humberto Costa como candidato a reeleição. Caso a aliança com o PT não vingue, Humberto será candidato na chapa de Marília Arraes. Esta, tem até o momento o nome de Silvio Costa (AVANTE) para senador e essa possibilidade de Humberto (PT). 

Sonda-se para a vice de Marília Arraes o nome do ex-petista e hoje militante do PROS, Maurício Rands. Esse balaio de gatos vai ser resolvido até o próximo domingo, quando encerra o prazo para a realização das convenções partidárias. 
Estamos na reta final da primeira fase da novela eleitoral de 2018. Ainda pesa sobre Armando Monteiro, o fato de ter que escolher um nome para substituir Mendonça Filho caso este venha a ser convidado e aceite ser o vice de Geraldo Alckmin (PSDB). Neste caso, o nome mais cotado para assumir a vaga seria o deputado federal Daniel Coelho (PPS).

Não quer - O ex-prefeito do Recife, João Paulo (PC do B) teve o nome sondado por interlocutores do palácio das princesas para ser o candidato a vice na chapa de Paulo Câmara. João, está dedicado à sua campanha por uma vaga na Assembleia Legislativa e tem dito que não quer ser vice. Mas, de repente, pintando um convite, talvez ele mude de opinião. 

Solidariedade pula fora - Caso se confirme a presença de Luciana Santos, ex-prefeita de Olinda como vice de Paulo Câmara o Solidariedade pode pular fora da frente popular e embarcar de vez no Palanque de Armando. O Prefeito de Olinda, Lupércio não quer saber de aliança com Luciana Santos e Renildo Calheiros. 

PRP com Marília - O PRP que retirou a candidatura do Coronel Luiz Meira no último sábado pode embarcar na campanha de Marília Arraes ao governo. Quem também está pensando em embarcar na chapa da petista é a Rede caso se concretize a candidatura. Segundo informações, ainda teriam mais dois partidos de olho na chapa de Marília quem tem sido considerado uma das mais leves para eleger deputados.

Na reserva - O Palácio já teria deixado na reserva os deputados federais: Sebastião Oliveira (PR) e Danilo Cabral (PSB) para às vagas de senadores da Frente Popular, caso aconteça alguma imprevisto do tipo: Perder o controle do MDB e o PT ir de Marília. A segunda hipótese é quase certa, a primeira é duvidosa.

Milton Coelho cresce - O pré-candidato a deputado federal pelo PSB, Milton Coelho cresceu e é uma das grandes apostas do PSB para a Câmara Federal. O ex-secretário de administração está com suas bases espalhadas pelo estado e já conta com o apoio de inúmeros ex-prefeitos, prefeitos, vices e vereadores, lideranças sindicais e líderes comunitários. Além disso, Milton é um dos pré-candidatos que conta com o maior apoio de vereadores no estado. Ou seja, os políticos mais próximos da população.

Conexão Política - Não esqueça de estar no FACEBOOK hoje às 19 horas no nosso programa Conexão Política que vem cheio de novidades.

Silvinho Silva 
silvinhosilva2018@gmail.com
(81) 98281 4782

Maraial: Prefeito Moura leva água a Sertãozinho de Cima

O Prefeito de Maraial, Marquinhos Moura (PTB) entregou neste domingo pela manhã em Sertãozinho De Cima, o abastecimento de água deste distrito. O fato é que desde os tempos de governos anteriores ao de Moura que essa água é prometida para aquela população mas que nunca saiu do papel.
"Os gestores anteriores sempre prometeram dar essa assistência a Sertãozinho, e nunca deram. Eu tenho orgulho de vir hoje, domingo, entregar o sistema de abastecimento de água daqui e sei que vai ajudar muita gente que sofreu e que a partir da data de hoje não vai sofrer mais" disse o prefeito para os presentes.
Na oportunidade o Prefeito também assinou a ordem de serviço para a ampliação do PSF do distrito e a construção de uma quadra poliesportiva em Sertãozinho de baixo.
"Eu repito: Nós vamos continuar trabalhando e dando o nosso melhor para que a administração de Maraial cresça e que o nosso povo seja feliz. E é atendendo as pessoas da zona rural, dos engenhos, dos distritos que nós vamos ver a cidade crescer e se desenvolver.Estamos devolvendo o sorriso ao povo de Maraial" pontuou o prefeito.
Durante o ato, estiveram presentes os Secretários S: George (Sec de administração), Néia (Sec de saúde), Helison de Deba (Sec de agricultura), Neguinho (Sec de infraestrutura), Tancredo Moura (Sec de Governo), Carla Moura (Sec da Mulher), Hamilton (Sec de transportes), Henrique Rocha (Sec de Esportes), lideranças e os vereadores Roberto de Corubas, Ronne de Laerte, Irmão Eraldo.

Em visita a Vicência, Milton Coelho bate duro na oposição


A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, árvore, barba e atividades ao ar livre
O pré-candidato a deputado federal Milton Coelho (PSB) esteve hoje na cidade de Vicência, onde prestigiou a festa de 40 anos de união de Telma e Romeu do Povo. Milton foi recebido pelo ex-prefeito e pré-candidato a deputado estadual Clóvis Paiva (PP) e pelo ex-prefeito Romeu do Povo. Na oportunidade, Milton se encontrou com o senador e pré-candidato a reeleição Humberto Costa (PT). O socialista tem sido presente frequente no estado e tem seu nome cotado para alcançar uma das cadeiras à Câmara Federal.

Na oportunidade, Milton endureceu o discurso contra os candidatos da oposição (grupo de Armando). "Não podemos votar e escolher àqueles que deram às costas ao povo. Votaram a favor de reformas que não beneficiaram e nunca vão beneficiar o povo. Que querem acabar com emprego, renda e com a aposentadoria do povo pobre" disse Milton aos presentes.

Milton ainda deu uma estocada no governo federal dizendo que a reforma da previdência está guardada para ser votada em 2019. "É hora do povo pensar direito, pois no ano que vem, um congresso novo, vai votar a reforma da previdência que pode acabar com o sonho do povo pobre de ter uma aposentadoria mais ágil e mais tranquila. Vocês já viram o que eles queriam fazer este ano" decretou Milton Coelho (PSB).

Papo com Humberto - O socialista ainda aproveitou o momento para um bate papo com o senador e pré-candidato a reeleição Humberto Costa (PT) que pode receber o apoio do PSB caso haja um fechamento de aliança a nível nacional entre os dois partidos. 

Wellington Carneiro fala com exclusividade sobre o FIG e a ação judicial dos pastores contra peça teatral


Conversamos com exclusividade com o advogado; Pastor Wellington Carneiro que foi o responsável junto com a Ordem dos Pastores Evangélicos de Garanhuns e região (OPEGAR) sobre o caso envolvendo a apresentação teatral do "Evangelho segundo Jesus, rainha dos céus" onde retrata Jesus como um transsexual. 

De acordo com Dr. Wellington, a peça teatral não contou com o apoio da sociedade de Garanhuns e foi empurrada de goela abaixo da população evangélica e católica. 
O objeto do mandado de segurança foi a suspensão da liminar que foi concedida pelo desembargador Silvio Neves em um Agravo de Instrumento que ordenou a reintegração da peça no Festival de Inverno de Garanhuns. 

"Uma grande atração cultural, famosa, que atrai inúmeros turistas, que era pra ser o festival de inverno, se transformou num verdadeiro festival do inferno" disse o pastor Wellington que também é advogado.

Segundo o mesmo, tiveram várias ações contra a peça, mas a única que logrou êxito foi a da Ordem dos pastores -OPEGAR sob sua égide. "Nós entramos com um mandado de segurança contra a liminar concedida pelo desembargador SILVIO NEVES  BATISTA e obtivemos uma decisão,  favorável, concedendo a segurança reqierida; para que a peça não fosse apresentada. A decisão do virtuoso desembargador do Dr. ROBERTO MAIA, saiu às 18:30, 

"Estava na sede do Tribunal de Justiça e corremos contra o tempo para que a decisão fosse cumprida a tempo, às 20:30h a decisão chegou em Garanhuns e foi cumprida" comentou conosco o Pastor Dr. Wellington.

Membro da OPEGAR, o pastor é filiado ao Patriotas e pré-candidato a deputado federal pelo partido, no entanto ele disse que fez parte da ação sem pensamento eleitoral. "Eu ajudei na ação como advogado, como pastor, e membro da OPEGAR e não por motivos meramente eleitorais. 

"Fiz por consciência cristã, por não aceitar ter o nome do Senhor Jesus vilipendiado da forma que foi".

CUMPRIMENTO DA DECISÃO - Segundo informações de pessoas presentes ao evento e moradores da cidade de Garanhuns, às 20:30, quando faltava 30 minutos para a exibição da peça teatral a Fundarpe juntamente com a ajuda da Polícia chegaram ao local para encerrar o evento, por determinação judicial. A decisão do desembargador Roberto da Silva Maia, imputava aos membros da peça teatral, uma multa de R$ 50 mil reais caso fosse descumprida à ordem. Segundo informações e vídeos veiculados nas redes sociais, mesmo sem o aparato da Fundarpe e sem segurança alguma os atores tentaram ainda apresentar a peça, em plena demonstração de descumprimento judicial.  Não houve a exibição da peça no sábado como prometido na grande imprensa, haja vista notícia crime fora distribuída para aplicação do crime de desobediência a decisão judicial do Tribunal de Justiça de Pernambuco, ainda, por crime previsto no art. 208 do código penal brasileiro.

Art. 208, do Código Penal: Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou pratica de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso