sexta-feira, 22 de junho de 2018

Solidariedade adia decisão para dia 28


Blog da Folha
A cúpula do Solidariedade deliberou, ontem, empurrar a decisão sobre o rumo do partido para a próxima semana. O presidente estadual do SD, deputado federal Augusto Coutinho, o deputado federal Kaio Maniçoba, o deputado estadual Alberto Feitosa e o ex-deputado federal Carlos Eduardo Cadoca devem se reunir novamente na próxima quinta-feira e tomar a decisão com “cautela”.
O clima de desgaste entre o Palácio do Campo das Princesas e o partido deu o tom da reunião. “Houve o episódio do Kaio, que gerou desconforto. Foi subtraído um espaço e isso nos dá um desapontamento, mas temos que ter cautela”, afirmou Coutinho, acrescentando que foi uma reunião informal de avaliação de cenário.
O partido, no entanto, alega que foi preterido reiteradas vezes pelo governo estadual, a exemplo da perda da Pernambuco Participações e Investimentos (Perpart), que ficou à época com André Campos (PSB), e, agora, com a sinalização de que a Secretaria estadual de Habitação ficaria com Kaio Maniçoba, mas foi nomeado Bruno Lisboa (MDB) para a pasta. O Palácio não chamou a legenda para nova conversa.
O governador Paulo Câmara (PSB) negou que tenha havido qualquer sinalização para o Solidariedade neste sentido e que a pasta “sempre foi do MDB”. “Tenho sentado muito com o solidariedade e os movimentos todos que valorização desse partido que está conosco”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário