quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

MANDANDO BRASA - Paulo Câmara pronto para um segundo turno

Resultado de imagem para Paulo CamaraO governador Paulo Câmara (PSB) deve enfrentar em sua tentativa pela reeleição ao menos duas candidaturas fortes oposicionistas: De um lado, Fernando Bezerra Coelho que ontem conseguiu mais uma vitória na justiça para tirar das mãos de Jarbas Vasconcelos o controle do MDB. De outro lado, provavelmente a candidatura de Marília Arraes (PT) que a cada dia tem ganhado corpo no meio político pernambucano. Ainda podem se arriscar numa candidatura ao governo o deputado Daniel Coelho que pode vir a mudar de partido e migrar para o PSL. Além dele, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) que não desistiu do sonho de administrar o estado. Outro que colocou o nome à disposição do PSL foi o deputado estadual Joel da Harpa. 

Já pelo PSDB, o ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes, tem colocado o seu nome à disposição do partido para uma eventual candidatura ao governo do estado. Elias já chegou a dizer que espera que o PSDB lance de fato uma candidatura ao governo mesmo que não seja com o seu nome. Ele cita os nomes de João Lyra Neto, Bruno Araújo e Daniel Coelho. O PSDB só esteve junto com o PSB em Pernambuco em 2014.Na eleição de 2010, o partido não apoiou a candidatura de Eduardo à reeleição. O que acontece é que muitos que estão colocando seu nome à disposição tem feito e refeito cálculos para a questão das bancadas da Assembleia Legislativa e Câmara Federal. São 49 vagas no legislativo estadual e 25 no legislativo federal.

Pernambuco vive um clima de segundo turno. E nele, podem ter certeza: Paulo Câmara estará. Por um simples motivo: ele consegue ter pelo menos 30% dos votos no primeiro turno no estado. Apesar dos problemas e das crises que o Palácio convive, todos têm em mente o poder da máquina. Em 2006, mesmo com toda campanha contra, Mendonça Filho conseguiu 33% dos votos ainda no primeiro turno. Será uma eleição teste pra cardíaco. Há quem diga que os pré-candidatos não vêem a hora do carnaval passar para colocar o bloco na rua, outros já estão colocando o bloco antes do tempo.

Uma coisa é certa: Todos eles, de homem a mulher estão certos de que em Pernambuco, a eleição será de dois turnos e não tem esse que consiga liquidar a fatura logo no dia 07 de outubro.

É TIO CORREIA - Candidato a deputado federal pelo PSB, o Secretário de Administração do estado de Pernambuco Milton Coelho não tem dúvidas que em 2020, Tio Correia terá todas às condições de disputar e vencer a eleição para prefeito em Belém de Maria. "Ele não será a 3ª opção, será a 1ª opção" brinca o secretário.

CONFIANTE - Quem também está confiante que o ex-prefeito Tio Correia conseguirá se reerguer politicamente em 2020, é o deputado estadual do PSL, Beto Aciolly. "Nós vamos estar juntos com Tio Correia não só em 2018, como em 2020 quando ele voltará a ser prefeito de Belém de Maria pelas mãos do povo belenense.

VETO I - O Prefeito de Catende Josibias Cavalcanti (PSD) vetou partes da LOA 2018 que aumentavam despesas no município. O veto se deu por causa de um aumento nos cargos comissionados da educação que foi feito pelo Câmara. 

VETO II - Segundo a assessoria do Prefeito, o aumento concedido pelo Poder Legislativo era ilegal e só podia ser feito pelo próprio prefeito embasado na Constituição Federal.

TUDO EM DIA - A Prefeitura de Jaqueira através de sua assessoria de comunicação comunicou que todas às folhas referentes ao mês de dezembro foram quitadas até o dia 28 do mês passado, incluindo o décimo. "O que houve, foi que ficou faltando algumas pessoas receberem por problemas burocráticos que já estão sendo resolvidos".

FESTA PRA NINGUÉM BOTAR DEFEITO - Foi o comentário nas redes sociais e nos blogs da região a festa de reis feita em São Joaquim do Monte com a organização e apoio do Prefeito Joãozinho Tenório. A festa deste ano trouxe o cantor Luan Santana para a cidade e lotou o município aquecendo o comércio.

BRIGA POR XEXÉU - Em busca do apoio do Prefeito de Xexéu, Eudo Magalhães, o deputado federal João Fernando Coutinho tem forçado o pai, o prefeito de Água Preta a romper o acordo com Aluísio Lessa (PSB) e apoiar o deputado Clodoaldo Magalhães. Caso não prospere, Clodoaldo deve levar João Campos para o município.

BUROCRACIA - Os professores da rede municipal de ensino de Maraial reclamam que os advogados que tem assessorado o prefeito Marquinhos Moura (PTB) têm atrapalhado às negociações com relação ao rateio do fundef que já era pra ter sido pago desde o mês de novembro e até agora não saiu um centavo, dos dez milhões repassados para a cidade.

Silvinho Silva é editor do Blog
silvinhosilva2018@gmail.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário