sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

MANDANDO BRASA - Um governador que faz o dever de casa

Resultado de imagem para Paulo CamaraEsta é a última coluna do meu blog do ano de 2017 e estou aproveitando-a para fazer uma reflexão. Não sobre mensagens de final de ano, mas sobre o trabalho desenvolvido por um homem que tem feito na medida do possível o seu trabalho. Falo do Governador Paulo Câmara. Não é defendendo o seu governo, que precisa sim, melhorar muitas coisas, mas sim pelo que estou vendo em diversos estados do país, num ano em que a crise abalou as estruturas das finanças públicas de todos os órgãos públicos. 

Estava assistindo a uma reportagem sobre o Rio de Janeiro que me deixou espantado. Assaltantes invadiram uma fila e roubaram cestas básicas de nada mais nada menos que os servidores públicos estaduais que estão a meses sem receber salário.Vamos ser justos, precisamos ser sinceros conosco mesmo: Nós temos um governador que está fazendo o seu dever de casa. Pernambuco não está em estado de calamidade; o nosso estado pagou o décimo terceiro de seus servidores.Enfim, temos um governador que pode até por conta das dificuldades financeiras impostas pela União a todos os brasileiros ,e mais ainda aqui no estado de Pernambuco por ter se posicionado contra o governo Temer, não fazer o que quer fazer no estado, mas sim o que se pode fazer.

Paulo Câmara não era político e assumiu a dura tarefa de se fazer líder em um dos piores momentos da economia brasileira. Em um momento que a violência cresce assustadoramente em todo o país, tanto que pesquisas de intenção de votos colocam o deputado fluminense Jair Bolsonaro como segunda opção dos brasileiros, tamanho é o descontentamento do nosso povo com a segurança, não tem como se esperar muito nessa área não. O governador tem se mostrado um homem educado, calmo, e atencioso diante dos conflitos que a cadeira de chefe do executivo lhe proporciona. Onde falta o tempero da política, sobra o da gestão. Pernambuco este ano de 2017, voltou a crescer como não crescia desde o início da crise. Isso se deve muito ao fato de termos um gestor à frente do Governo.

Por isso que Paulo vai com tranquilidade e naturalidade para o embate que o aguarda em 2018 onde talvez seu maior adversário seja ele próprio. Sim, porque a reclamação do povo pernambucano é gritante, e o governador não é um homem omisso. Mas ele peca onde muitos pecaram: Quem o rodeia. Tem muita gente ao redor do governador dizendo que está tudo bem, que tudo é por conta da crise, que ele faz um grande governo. Não! O governador precisa sair do seu comodismo que não querer enfrentar o problema de frente e de ir ao encontro de quem realmente tem muito o que reclamar e o que falar. Resolver o problema da violência de frente, como ele vem fazendo com a criação de batalhões especializados em todo o estado, não é tudo, mas já é um grande passo. 

É FEDERAL - O ex-vereador de Catende Rinaldo Barros (PSB) vai ser candidato a deputado federal em 2018. Advogado de sucesso, Rinaldo Barros coloca o seu nome à disposição do povo de Pernambuco e da mata sul para representá-los na Câmara Federal. De família de Maraial, Rinaldo pode ser a surpresa na eleição do ano que vem quando pesquisas apontam que a maioria esmagadora do povo brasileiro quer renovação.

EM DIA - A Prefeitura de Maraial que tem à frente o Prefeito Marquinhos Moura (PTB) fecha o ano de 2018 com as folhas de pagamento em dia. Foi feita uma força tarefa na prefeitura para colocar em dia todos os cargos: comissionados, contratados e efetivos. Tendo inclusive, pago o 13º aos contratados.

PERDA E SUBSTITUIÇÃO - Chocou a minha cidade de Belém de Maria a perda prematura do vereador Nino (PTB) de forma tão triste e lamentável. Um fato que deixou todo mundo abalado e a cidade em luto, pois Nino era acima de tudo alguém que sabia separar amizade da política e da religião. Em seu lugar, assume Frank (PTB), que é seu primeiro suplente.

COM LULA ou SEM LULA - O senador Armando Monteiro condicionou seu apoio a Lula se e somente se Lula não estiver no palanque de Paulo Câmara. Armando não digeriu a derrota de 2014 de jeito nenhum. E já avisou: Se Lula se aliar a Paulo Câmara, eu peço voto contra ele. A frase foi dita a prefeita Raquel Lyra.

RATEIO - A Prefeita Raquel Lyra (PSDB) rateou o restante do Fundeb com todos os professores da rede municipal de ensino de Caruaru. Todos os professores, sejam contratados ou efetivos, receberam nesse pagamento de dezembro um dinheiro a mais que foi do restante (rateio) dos 60% do fundeb. Serve de lição pra um monte de prefeituras, hein?

Silvinho Silva é editor do Blog do Silvinho
silvinhosilva2018@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário