quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

MANDANDO BRASA - Como ficará Lula depois de 24 de janeiro?

Resultado de imagem para LulaA data do julgamento do recurso do ex-presidente Lula (PT) no TRF 4ª Região tem agitado o mundo político e jurídico desde que foi anunciado na noite desta terça-feira dia 12. O motivo é único: Lula é o pré-candidato que lidera todos os cenários das pesquisas até o presente momento.No entanto, ninguém imagine que dia 24 de janeiro ocorrerá a prisão do ex-presidente não. Não ocorrerá! E eu explico os motivos: São inúmeros os recursos em segunda instância contra a decisão de um órgão colegiado. Isso pode durar meses. 

Caso algum dos desembargadores vote a favor do recurso do ex-presidente, um só voto já seria suficiente para que fosse interposto embargos infringentes, sem contar os agravos de instrumentos e por aí vai. E se nesse período ocorrer de o Supremo Tribunal Federal rever sua decisão de que um condenado já comece a cumprir pena quando sua condenação for mantida em segunda instância? "Ah, mas aí Lula já vai ter sua condenação em segunda instância confirmada e não tem como voltar". Enganam-se os que pensam assim! A Lei Penal Brasileira é clara quando afirma que "a Lei não retroagirá, salvo, para beneficiar o réu". Não só Lula, mas, diversos políticos, empresários dentre outros que estejam à época condenados em segunda instância, poderão sim serem liberados da penas. E quem já estiver solto deverá "não é poderá, é deverá ser solto". 

Com isso, chegamos ao mês de agosto com Lula candidato a presidente e caso a Justiça Eleitoral não impugne sua candidatura, ele vai até o final e caso eleito, pronto: Da diplomação até o final do mandato Lula não poderá ser preso de forma alguma. Não estou aqui dizendo que Lula vencerá a eleição, é caso vença. O que a condenação em segunda instância em desfavor de Lula pode de fato e de concreto fazer é tirá-lo da disputa. E ele irá para a campanha como vítima levando o seu candidato embaixo do braço. 

Enfim, salve-se quem puder que 2018 vem aí e com uma das campanhas mais bastas e rasteiras de todos os tempos.

SEM LULA - Caso Lula não consiga ser o candidato a presidente do PT, o partido jamais apoiará o pedetista Ciro Gomes. O candidato de Lula será Jacques Wagner que já foi governador da Bahia e Ministro da Casa Civil do Governo Dilma.

CÂMARA DIAZEPAN - Em conversas com alguns amigos de Belém de Maria, não tive como conter as risadas. A Casa Legislativa está sendo conhecida como a Câmara Diazepan. O motivo: Não se tem discussão política acalorada e os vereadores atuais com exceção de Nino (PTB), Alexandre (PTB) e Irmã Sandra (PP), não abrem a boca pra nada. Entram mudos e saem calados.

ILUMINAÇÃO NATALINA - Bandidos roubaram a iluminação natalina na Avenida Getúlio Vargas no Cabo de Santo Agostinho. Nem o espírito natalino estão perdoando mais.

OH PT PRA TER CANDIDATO - O PT lançou ontem a pré-candidatura do deputado estadual Odacy Amorim ao governo do estado. O evento contou com a participação do ex-prefeito do Recife João Paulo. O partido que já poderia ter administrado Pernambuco em outros verões nunca chegará ao poder porque não tem união e quando alguém cresce no partido não precisa de adversários, que os próprios "companheiros" detonam com coisas desse tipo. Se o PT quisesse entrar mesmo na disputa pra valer e poder ter o sonho realizado de administrar o estado deveria se unir à vereadora Marília Arraes. Mas ali, cada um que olhe para o seu próprio umbigo.

PSDB FIRME COM ELIAS - Diferente do PT, o PSDB segue se unindo em torno do nome de Elias Gomes ao governo de Pernambuco. No entanto o tucano não brilhou no evento das oposições e sim o deputado federal Bruno Araújo. Mas Elias cumpre sua missão de tentar levar o nome ao PSDB para a disputa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário